Fechar
eita!

Rico Melquiades e médica são atacados após procedimento estético com PMMA

O campeão de ‘A Fazenda 13’ compartilhou o resultado após fazer preenchimento nas pernas e no glúteo

Fábia Oliveira EM OFF
Fábia OliveiraColunista do EM OFF

Rico Melquiades foi até uma clínica em Maringá, no Paraná, para realizar um procedimento estético no bumbum e nas coxas. Nesta terça-feira (21), o campeão de ‘A Fazenda 13’ e a médica responsável pelo preenchimento, mostraram o resultado nas redes sociais. Porém, diversos internautas criticaram o influenciador e a profissional, já que a técnica usada foi nada menos que a aplicação de PMMA.

Um perfil do Instagram chamado ‘Vítimas da Bioplastia’ chegou a publicar um alerta sobre os riscos do procedimento realizado por Rico. “Nossa, tô bem cansada de tanta gente desinformada que acha que é ultra esclarecida querendo enganar os demais, afinal são os ditos influencers que sabem mais que especialistas, né? Enfim, o PMMA não é um produto seguro para ser injetado em grandes quantidades para finalidade estética de aumento de qualquer área corporal que seja”, começou dizendo.

O perfil alertou que o produto não é seguro e pode gerar problemas de saúde no futuro. “A Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica, o CREMESP e também a Sociedade Brasileira de Dermatologia já fizeram um pedido para que a Anvisa reordenasse as recomendações do uso do PMMA para que cessasse o uso para fins inadequados como tem sido utilizado. O fato de ter liberação da Anvisa não quer dizer que essa liberação seja para fins estéticos nas quantidades em que tem sido utilizado! Não é um produto seguro e pode sim gerar grandes problemas de saúde definitivos”.

A técnica do procedimento, chamada de Biossimetric, chamou a atenção após Rico falar sobre o assunto nos stories do Instagram. O influenciador disse que não usou preenchimento industrial, como chegaram a afirmar anteriormente.”É um preenchimento de quarta geração. Não há nada de errado”, explicou. “A recuperação é tranquila. Só está dolorido um pouco”, completou.

Continua após a publicidade

A influenciadora digital Evelyn Regly, que já teve problemas com cirurgias estéticas, comentou sobre a situação. “Biossimetric = PMMA. Não se iludam. Só mudam o nome pra atrair mais e mais pessoas. Uma pena ver um influenciador tão grande e com poder de influência que ele tem, fazendo procedimento com PMMA. Pesquisem ‘diga não a PMMA’ no Google ou ‘riscos do PMMA’ antes de fazer”, escreveu.

A ex-BBB Camilla de Lucas também se pronunciou sobre o tema em um comentário no perfil ‘Treta das Blogueiras’. “Cada um pode fazer o que quiser com o seu corpo e a gente precisa aceitar. Só que infelizmente, a gente tem vivido numa época onde ser natural é feio. Não tem problema em querer melhorar, mas quando isso vira exagero é complicado. Vamos torcer pra que ele fique bem e que quem tem informação sobre PMMA continue espalhando pra que numa hora dessas a pessoa tome a decisão sabendo das consequências e fazendo sua própria escolha. É aquilo, nada de criticar o corpo de ninguém. Ninguém eu digo: familiar, amigo, colega de trabalho… Geralmente mudanças vêm porque alguém, em algum momento, ouviu que determinada parte do seu corpo é feia”, disse.

Internautas também criticaram o procedimento feito por Rico Melquiades. “Acho que cada um faz o que quer. Mas por ser influencer, deveria ter mais cuidado e responsabilidade ao indicar algo. Quer fazer? Faz… Mas não precisa disseminar como se fosse a melhor coisa do mundo”, falou uma pessoa. “Espero, de coração, que ele não tenha complicação, porque complicação de PMMA é dura e difícil”, analisou outra.

No perfil da médica, Luiza Rocha, diversas pessoas a detonaram sobre fazer uso do PMMA. “PMMA, doutora? É sério isso?”, questionou uma internauta. “2022 e tem gente ainda aplicando PMMA, coragem”, disse outra. uma terceira desabafou: “A minha irmã aplicou nos glúteos há 8 anos e são 8 anos de muito sofrimento. Trombose, câncer, duas cirurgias com rompimento das articulações do joelho, dores e necrose do glúteo. No início desse ano ela piorou, o produto migrou para os pés, fez a cirurgia em São Paulo para retirada parcial do produto, pois não tem como retirar tudo, mutilou bumbum e abriu o pé. A cirurgia foi em abril e, hoje, dois meses e alguns dias depois, o pé dela piorou. Enfim, não tem jeito depois que coloca. Não sei como esse tipo de profissional dorme tranquilo, sabendo do mal que fazem as pessoas”, escreveu.

Rico Melquiades contou aos seguidores, na última segunda-feira (20), que iria realizar um procedimento estético, que chamou de ‘invasivo’, para colocar um pouco de perna e bumbum.

“Gente, vim a Maringá-PR, realizar um procedimento estético minimamente invasivo. Em detalhes, irei colocar um pouco de bumbum e perna, já que tenho muita dificuldade pra ganhar na academia e preferi, então, fazer assim. Amanhã retorno aqui e mostro o resultado pra todos vocês. Já estou com saudades”, escreveu ele nos stories do Instagram.