Fechar
se recuperando!

Rodrigo Mussi celebra a vida dois meses após acidente grave: ‘feliz de estar vivo’

O ex-BBB publicou sua primeira foto no feed do Instagram, desde o acidente em 31 de março

Fábia Oliveira EM OFF
Fábia OliveiraColunista do EM OFF

Rodrigo Mussi publicou sua primeira foto no feed do Instagram, nesta terça-feira (31), desde que sofreu um grave acidente de carro no dia 31 de março, em São Paulo. O ex-BBB estava em um carro de aplicativo que bateu na traseira de um caminhão, após o motorista contar ter cochilado ao volante. Há dois meses da data que mudou a sua vida, o modelo disse estar feliz e agradeceu por estar vivo.

“Faz exatos dois meses do gravíssimo acidente que sofri. Essa foto e esse sorriso é porque estou feliz de estar vivo e aos poucos estar voltando! A mensagem que eu deixo: agradeça pelo simples fato de acordar e viver”, escreveu ele, usando um emoji de coração vermelho.

Na segunda-feira (30), Viih Tube também comemorou a recuperação de Rodrigo Mussi. A atriz publicou um carrossel de fotos com o ex-BBB22 e escreveu um texto emocionante, onde afirma que o rapaz é um milagre. “Como você é forte, Rô. Sua sede por viver, sua força que não sei de onde vinha pra lutar! As vezes era você que me ajudava, mais do que eu ajudava você, de tanto que me acalmava com suas palavras e lições da vida. Me ensinava e me distraia! Obrigada por hoje fazer parte da minha família, tanto você como seus irmãos, nós sabemos o que isso significa pra gente. Obrigada por confiar em mim”, começou escrevendo.

Viih Tube continuou e chamou Rodrigo Mussi de irmão mais velho. “Hoje, posso dizer que sei como é ter um irmão mais velho! Agora é focar na recuperação em casa com a fisioterapia, fono, neuro moderação, terapia integrada, tudo acompanhado pelo corpo clínico. Sim, você é um milagre, Rodrigo Mussi”, finalizou a atriz e ex-BBB.

Continua após a publicidade

Rodrigo Mussi fala pela primeira vez sobre o acidente

Neste domingo (29), Rodrigo Mussi deu a sua primeira entrevista após o acidente para o ‘Fantástico’. Durante o papo, ele relembrou sua infância e adolescência difíceis, além da morte do seu pai. Apesar das adversidades, o ex-BBB afirmou ter certeza que superou os obstáculos e chegou aonde sempre almejou. ”Eu sempre pensei, eu não posso dar errado”, disse ele.

Sobre a participação no ‘BBB 22’, Mussi disse ter sido o maior desafio de sua vida e, apesar de sair na segunda semana, ele contou que ficou surpreso com a visibilidade que ganhou no programa. ”Eu ia em festas, eventos e todo mundo queria me tocar”, relatou.

Ainda na entrevista, Rodrigo afirmou não se lembrar se usou cinto de segurança ou não na noite do acidente. ”Eu não estava acostumado a andar no banco de trás, realmente não lembro se coloquei o cinto ou não”, explicou. Ele ainda contou que era a primeira vez que estava sem documentos, pois tinha tudo no celular. Por conta disso, o modelo deu entrada como ‘desconhecido’ no Hospital das Clínicas de São Paulo, e sua família ficou sem notícias dele durante cerca de 12 horas.

O administrador também ressaltou que foi muito bem atendido nos primeiros momentos após o acidente. ”Se não fosse as primeiras horas no hospital, ser bem assistido, não teria resistido. Cuidaram muito bem de mim, sem nem me conhecer”, contou ele.

Questionado sobre o que aprendeu com esse episódio em sua vida, Rodrigo Mussi refletiu: ”Aprendi que não se faz nada sozinho, precisamos de pessoas que te amam e ajudam nesse momento”, disse ele, que completou: ”Teve bastante gente orando, muito grupo de oração, esse milagre foi muito por conta disso”.

Na manhã desta segunda-feira (30), alguns trechos inéditos da entrevista foram exibidos no programa ‘Encontro com Fátima Bernardes’. Nas imagens divulgadas, Mussi relembrou como foi o dia do acidente, quando ele havia acabado de sair de uma partida pela final do Campeonato Paulista.

“Nesse dia eu lembro que tinha ganho a camiseta totalmente autografada, do São Paulo. E isso mexeu muito comigo. O São Paulo jogou muita bola, ganhamos de 3 x 1, fomos jantar no Morumbi mesmo, no restaurante do ex-jogador do São Paulo, o Lugano (ídolo do São Paulo e ex-atleta do clube), e eu lembro até entrar no táxi. Depois, não lembro de mais nada”, contou.