Fechar
JUSTIÇA

Ronaldinho Gaúcho pode ser preso e tem sete dias para pagar dívida de pensão

Advogado de Priscilla Coelho diz que processo não cabe mais recurso

Fábia Oliveira EM OFF
Fábia OliveiraColunista do EM OFF

O craque Ronaldinho Gaúcho está enfrentando um problema com a Justiça. Ele tem até o dia 1º de dezembro para pagar uma dívida de pensão que tem com a ex-noiva Priscilla Coelho.

Depois de diversas tentativas dos oficiais de Justiça do Rio de Janeiro em localizá-lo, o ex Barcelona foi citado no último dia 11 de novembro. De acordo com o Extra, caso não cumpra o pedido de execução, o atleta pode ter os bens penhorados e até ser preso.

Segundo o advogado Bruno Medrado, que representa os interesses de Priscilla Coelho, não cabe recurso nesta ação.

“Neste caso o procedimento de execução, que já iniciamos para o recebimento do valor, já definido lá no processo que vai julgar a respeito da união estável, desta pensão provisória, não cabe esta discussão” relata o profissional.

Continua após a publicidade

O advogado ainda diz que ele precisaria ir ao processo principal, para reverter a situação atual. “Se ele quiser reverter essa decisão, ele tem que ir no processo principal. Que foi o que deferiu esta pensão provisória de alimentos. Agora é pagar ou pagar”, conclui Bruno.

Ainda segundo o Extra, desde o dia da citação não houve qualquer movimentação no processo original, que corre em segredo de justiça, e, até a segunda semana de novembro, o famoso não havia sido encontrado para ser citado.

O processo em questão, é movido por Priscilla Coelho. Ela afirma ter sido noiva de Ronaldinho durante seis anos.

O processo tramita desde 2019 na 1ª Vara de Família do Rio. A pensão provisória de alimentos foi deferida no ano passado e arbitrada em cerca de R$ 100 mil por mês.

Priscilla Coelho (Foto: Reprodução)

Você usa TELEGRAM? Então entre no nosso canal e receba nossas notícias no seu celular.
Basta clicar aqui -> https://t.me/portalemoff