Fechar
quebrou o silêncio

Sarah Poncio esclarece adoção de Josué e revela proposta feita à mãe biológica do menino

Influencer quer trazer a família biológica de Josué para morar no Rio de Janeiro para que ele conviva com as duas famílias

Fábia Oliveira EM OFF
Fábia OliveiraColunista do EM OFF

Sarah Poncio abriu uma live, na tarde desta segunda-feira (27), para esclarecer detalhes do imbróglio que envolve a guarda de seu filho adotivo, o pequeno Josué, de 2 anos. Inicialmente contou por que decidiu trazer o menino do Ceará, onde morava com a família biológica, para morar com ela no Rio de Janeiro

“A Cyntia, que era babá das crianças na época, tinha ido passar as férias lá. E começou a fazer uns stories contando tudo o que tô contando pra vocês. E eu perguntei o que ela faria com a criança quando voltasse ao Rio. Ela disse não sei, porque não teria com quem ficar. Isso mexeu muito comigo como mãe, eu quis ajudar como mãe. E eu falei: traz, que aqui a gente dá um jeito. Não vamos deixar a criança passar necessidade. Essa foi a minha intenção, de ajudar”, conta. 

Josué então acabou se acostumando e criando laços com a família Poncio. “Ele veio, foi passando os meses com a gente, começou a se apegar cada vez mais. Via as crianças me chamando de mãe, começou a chamar de mamãe também. Foi gerando um amor e um vínculo de convivência muito grande”. 

Sarah, no entanto, ao dar entrada na papelada para conseguir matricular o menino na escola e contratar um plano de saúde, começou a descobrir que a história de Josué não era bem aquela que contaram pra ela.

Continua após a publicidade

 “Com o tempo fomos falando com os advogados para poder protocolar tudo bonitinho, porque a gente não conseguia fazer plano de saúde, colocar na escola sem eu ter a guarda. Foi quando a gente começou a ir até a família biológica pra eles poderem assinar. E foi quando eu soube que a mãe biológica, que é a Mylena, não quis assinar. A partir desse momento eu comecei a achar que tinha alguma coisa estranha. Comecei a achar que não era bem a história que tinham me contado, porque se fosse exatamente do jeito que tinham me contado, ela não agiria dessa forma de não querer assinar. Se ela não quis assinar, é porque alguma coisa tem. A intenção dela não era 100% o que tinham me falado, de abrir mão da criança”, revela. 

Na última tentativa de conseguir as assinaturas da mãe biológica, Sarah descobriu que ela deu entrada para conseguir o menino de volta. “Até então eu também não tinha contato com ela. O tempo foi passando, ele ficou praticamente dois anos comigo e nessa última vez que tentaram com ela pra poder assinar, me disseram que ela tinha pedido ele de volta. Assim foi feito”. 

Sarah também respondeu a dúvida de muita gente: porque ela não lutou por Josué na Justiça. “Muita gente me perguntou por que eu não briguei na Justiça. Não tinha como brigar na Justiça porque eu não tinha nada dele. Ela é a mãe, tem a guarda. Ele estava comigo, mas não tinha nada protocolado. Então era errado eu ficar com ele contra a vontade da mãe. Se ela pediu de volta eu sou obrigada a devolver. E assim foi feito e eu comecei a ter um contato direto com ela. Eu pedi pra Claudia, que é minha babá, pra ir com o Josué, porque ele já é acostumado. A Claudia foi, levou ele, passou um tempo com eles e foi quando eu me surpreendi muito e vi o quão vítima da situação ela é também”. 

A influencer se surpreendeu positivamente ao acompanhar a rotina de Josué com a família biológica. Ela tem outros filhos, tem dois além do Josué. E eu recebia fotos e vídeos dele brincando com os irmãos, a coisa mais linda. Ele tem uma família biológica que ama ele. E ver o cuidado da mãe biológica com ele… ela ama ele e cuida muito bem dele. E ver esse cuidado, eu me surpreendi muito quando eu vi. Foi uma vítima, assim como eu. Seria injusto eu querer privar o Josué de receber o amor da própria mãe dele. Ela é mãe dele, eu me considero mãe também, eu sei que eu sou. E a Mylena me considera família dele também. Eu fui vendo o quão puro era o sentimento da família dela por ele.” 

Sarah também esclareceu que o fato de Mylena querer Josué de volta nunca teve a ver com interesse financeiro. “Ela nunca veio atrás de mim me pedir dinheiro e absolutamente nada. Ela só queria o direito dela de ver o filho. Ela lutou (pra ter o filho de volta), só que isso não chegou até mim. Ela tem algumas conversas gravadas dela implorando várias vezes pra ver o filho, pra ter um contato comigo e isso foi negado à ela. Então, ela não passou esses dois anos quieta. É uma coisa muito complicada. E conversando com ela eu vi o quanto ele está feliz”. 

Mylena recebeu uma proposta de se mudar com os filhos para o Rio de Janeiro, com os custos pagos por Sarah Poncio “A gente conversou, ela ficou de me dar uma resposta. A minha intenção hoje não é tirar o filho dela. Eu quis propor de trazer ela pro Rio. Vir ela, o Josué, os irmãos dele… Pra ele conviver com ambas as famílias em harmonia”, diz.

Por fim, Sarah Poncio pediu que internautas não ataquem a mãe biológica de Josué. “Ela não consegue sair de casa com o Josué. As pessoas tiram fotos, ameaçam. Ela mora no interior, é muito humilde. Ela e o Josué não merecem estar passando por isso. Ela está amedrontada dentro de casa, não consegue sair pra fazer nada”.