Fechar
polêmica

‘Se ele pudesse torturar as pessoas que discordam dele, ele faria’, diz Tico Santa Cruz sobre Bolsonaro

O cantor foi o convidado de Rica Perrone no programa ‘Cara a Tapa’

Fábia Oliveira EM OFF
Fábia OliveiraColunista do EM OFF

Tico Santa Cruz foi o convidado de Rica Perrone no programa ‘Cara a Tapa’ e fez duras críticas à postura ao governo Bolsonaro: “Ser de esquerda hoje no Brasil é ser contra o Bolsonaro? Bolsonaro é uma pessoa de extrema direita que tem como ídolo um torturador. Se ele pudesse torturar as pessoas que discordam dele, ele faria. Bolsonaro é uma pessoa que não era para ser debate, porque ele é desqualificado. Ele foi eleito por causa do ódio ao PT”.

Tico também não poupou os artistas em suas falas: “A classe artística não é de esquerda e é omissa. Quando me levantei sobre a Dilma, me levantei sozinho, porque a classe artística não se levantou. A classe artística brasileira é a mais omissa da história desse país. Só começaram a falar agora, com as milícias digitais, porque atingiu o rabo deles”, disparou o cantor.

O músico ainda falou sobre a Lei Rouanet: “Bolsonaro não cortou dinheiro de artista, ele meteu a mão na Lei Rouanet. A RedeTV!, a Record e a Band assumiram postura pró-Bolsonaro porque ele enfiou dinheiro nestas emissoras. É uma questão meramente das famílias que comandam, os caras do topo. A classe artística não se mobiliza”.

Continua após a publicidade

Você usa TELEGRAM? Então entre no nosso canal e receba nossas notícias no seu celular.
Basta clicar aqui -> https://t.me/portalemoff