Fechar

EXCLUSIVO Seguidor que cobrou entrega de iphone vence ação contra Léo Stronda

O cantor se defendeu no processo alegando que a entrega do iphone e do pagamento de 1 ano de academia era reponsabilidade da pessoa que lhe contratou

Fábia Oliveira EM OFF
Fábia OliveiraColunista do EM OFF

A Justiça de São Paulo julgou procedente a ação movida por um seguidor que ganhou R$ 10 mil em prêmios em um sorteio realizado por Léo Stronda. A decisão é do juiz Paolo Pellegrini Junior, do Juizado Especial Cível de Tupã, São Paulo.

De acordo com o processo, no sorteio, o cantor prometia entregar 1 iphone 11, no valor aproximado de R$ 4,6 mil, 1 ano de academia no valor de R$ 1,8 mil, um kit de suplementos no valor de R$ 1 mil, e ainda um kit de roupas. Breno Rangel Ramos foi o ganhador da promoção, que aconteceu em junho de 2020, contudo, na época, só recebeu poucos suplementos no valor de total de R$ 100, e com a data de validade vencidos.

Após acionar a Justiça, o seguidor conseguiu uma tutela antecipada. O juiz determinou que Stronda cumprisse com a entrega dos prêmios. O fisiculturista por sua vez, acatou a ordem, e comprou um iphone 11 no valor de R$ 4.199,00 para entregar.

Stronda reconheceu que R$ 1 mil de suplementos alimentares era sua obrigação, e pagou integralmente. Ainda explicou que os produtos vencidos enviados ao seguidor, foi apenas um equívoco. Houve um “envio equivocado de um produto vencido, o que se deveu à falta de atenção de um dos funcionários do réu e não de má-fé dele”, afirmou em contestação.

Continua após a publicidade

O influenciador ainda apresentou contestação, mas afirmou que a responsabilidade era da pessoa que o contratou para a parceria: “O contratante se encarregaria de enviar ao ganhador 1 iphone 11 e pelo pagamento de 1 ano de academia”, dessa forma, o artista tentou incluir a tal pessoa no processo, mas nos Juizados Especiais não é permitido a intervenção de terceiros: “Noto que a intervenção de terceiros, seja qual for sua modalidade, não é admitida nos Juizados Especiais Cíveis”, decidiu o magistrado.

Breno pedia uma indenização por danos morais, no valor de R$ 15 mil, mas este pedido indeferido, portanto obteve uma vitória parcial. “Julgo parcialmente procedente a presente ação para o fim de condenar o requerido [Léo Stronda] a entregar ao autor os prêmios descritos na inicial, obrigação esta que já foi cumprida no curso da lide”, afirmou em sentença. (Colaborou Peterson Renato)

Seguidor que cobrou entrega de iphone vence ação contra Léo Stronda (Foto: Reprodução)

Você usa TELEGRAM? Então entre no nosso canal e receba nossas notícias no seu celular.
Basta clicar aqui -> https://t.me/portalemoff

Tags Relacionadas: