desrespeito

Show de horror! MTV Miaw dá aula do que não fazer em uma premiação

Evento não foi nada democrático com seus convidados e indicados e deu uma verdadeira aula do que não fazer em uma premiação

Fábia Oliveira
Colunista do EM OFF

A premiação MTV Miaw 2022, que foi realizada na noite desta terça-feira (26), em São Paulo, com a presença de artistas indicados e convidados, além de influenciadores digitais de todas as categorias, deu um verdadeiro show do que não fazer em um evento deste porte.

A começar com os indicados. A prioridade eram apenas celebridades como Luísa Sonza, Camilla Queiroz, Manu Gavassi, entre outros que estiveram presentes, além dos influenciadores de renome, como Bianca Andrade, Gkay, Álvaro Xaro e companhia. Estes tinham ‘passe livre’ com direito a camarim, convites para convidados e até para suas respectivas equipes

Mas nem todos os indicados tiveram as mesmas regalias. Teve gente que sequer recebeu convite para ir ao evento, como foi o caso das influenciadoras Tata Estaniecki e Bruna Unzueta, que foram indicadas nas categorias ‘Dupla de Milhões’ e ‘Podcast Nosso de Cada Dia’ com o PodDelas, apresentado por ambas. Elas sequer sabiam que o evento seria realizado na noite de ontem, e foram pegas de surpresa ao descobrir pela mídia.

Já no caso do DJ Gabriel do Borel, indicado nas categorias ‘Hino do Ano’ e ‘Coreografia Envolvente’, com o hit ‘SentaDona’, em parceria com a cantora Luísa Sonza, Davi Kneip e MC Frog, ele acabou ficando de fora da lista do camarote e lamentou o descaso sofrido pela organização da premiação

Nos bastidores, Gabriel contou como ficou triste pela forma como foi tratado, já que tentou falar com a produção, mas não teve retorno. O DJ acrescentou ainda que parou toda a sua agenda de compromissos e saiu do Rio de Janeiro, com todas as suas despesas arcadas do seu próprio bolso, cheio de expectativas e que para ele foi chocante passar por todo esse constrangimento. 

“É triste, porque como um evento tão maravilhoso quanto este, pode pecar dessa forma na organização. Assim como eu, vários outros artistas foram barrados por estarem com o nome fora da lista. Espero que coração que revejam isso para os próximos anos, porque como artista, a gente só quer contribuir para que a premiação cresça mais e mais a cada ano”, declarou Gabriel, que só teve seu problema resolvido por intermédio de amigos, que o ajudaram a entrar.

O criador de conteúdo Leonardo Bagarolo é outro que reclamou muito da organização do evento. “Começando pelo fato de receber um ingresso. Não podia levar acompanhante, porque era super restrito… Mas chegando lá, não tinha nada de restrito. […] O ingresso era pra assistir da plateia, e tudo bem. Mas eu tava indo como criador de conteúdo, como indicado, representando uma categoria, ‘Pet Influencer’. Não tava lá pra dar moral pro evento e ficar filmando só”, desabafou o influenciador digital.

Ele disse ainda que se sentiu menosprezado pela organização do MTV Miaw: “Tive a sensação que eu estava lá basicamente de favor. Realmente foi um evento frustrante, perdi meu tempo. Infelizmente não foi um evento democrático. Fiquei sabendo que teria um after, eu não iria de qualquer jeito. Não foi interessante, não foi legal. Foi legal pra quem é fã e foi lá pra ver o ídolo”, completou Bagarolo.