NÃO GOSTOU DO PROGRAMA

Sonia Abrão critica participação de Fátima Bernardes no ‘Roda Viva’: ‘Absurdo’

Apresentadora da RedeTV! acredita que a sabatina foi morna, já que faltaram profissionais da editoria de entretenimento para a entrevista

Fábia Oliveira
Colunista do EM OFF

Durante o “A Tarde é Sua”, Sonia Abrão analisou a participação de Fátima Bernardes no “Roda Viva”, da TV Cultura, que aconteceu ontem. A apresentadora da Redetv! acredita que faltaram perguntas mais polêmicas na sabatina e questionou por que jornalistas que cobrem a editoria de entretenimento não foram convocados para entrevista.

“Esse [Roda Vida] foi total chapa branca. O pessoal da área de variedades, da área de entretenimento, da imprensa que cobre esse setor, ninguém se conformou que nenhum deles foi chamado, não tinha um representante da imprensa que cobre entretenimento, que é um absurdo”, disse a apresentadora.

Felipeh Campos aproveitou a deixa para alfinetar a apresentadora da Globo, insinuando que ela selecionou os entrevistadores. “Lógico, foi ela que escolheu, com toda a certeza”, declarou.

“Será, gente?”, questionou Sonia. “Foi, ou ela ou assessoria. Eu acho que foi muito chapa branca, porque não teve nenhuma pergunta assim. Só faltaram perguntar o tom do cabelo dela, qual a tintura que ela usava, que estava muito bonita inclusive, ironizou o colunista do “A Tarde é Sua”.

Fátima Bernardes participou como convidada do ‘Roda Viva’, da TV Cultura, nesta segunda-feira (25), e comentou sobre o fim da ‘TV Globinho’ na grade matinal da Globo. A apresentadora assumiu, com todas as letras, que está por trás da extinção da atração infantil.

Ela disse ter tido a ideia de implantar o ‘Encontro’ na programação, após observar as atrações do horário. “Comecei a olhar a grade da Globo. Na época, o ‘Globo Rural’ era diário. Tinha o ‘Globo Rural’, jornal local, ‘Bom Dia Brasil’, Ana Maria Braga… De repente, desenho. Aí jornal local, ‘Globo Esporte’ e ‘Jornal Hoje’“, lembrou Fátima.

Em seguida, a jornalista comentou que, naquele ano, a principal emissora concorrente já não investia mais em desenhos na faixa. “Eu falei: ‘gente, esse desenho tá perdido aí nesse meio’. Como que a criança vai ter um sino que vai tocar ‘pessoal, 10h30, vai começar o desenho da Globo’, enquanto as outras emissoras, a Record teve a opção por sair do desenho, e o SBT em permanecer [com o desenho], mas desde às 7h”.

Foi então que Fátima Bernardes analisou que aquele horário não possuía faturamentos com anunciantes e viu um grande potencial em sua ideia. “Eu falei: ‘não tá bom não. Esse negócio aí tem um espaço que dá pra encaixar’. E eu comecei a ouvir que a TV estava com uma certa estranheza em relação àquele horário. Um horário que você não anuncia…”

E completou””E aí eu sugeri um programa para esse horário, que viesse da Ana Maria, que era entretenimento, e que a gente pudesse levar para o jornalismo loca. Foi um programa que surgiu assim, eu pensei nesse horário e eu apresentei uma ideia para esse horário”.

A revelação da apresentadora, é claro, gerou indignação nos fãs da TV Globinho. “Cara, acabei de ver um vídeo que a Fátima Bernardes admitiu que quis colocar o programa dela no horário da TV Globinho, porque não fazia sentido desenho aquela hora… Essa fpd tá de sacanagem… Graças a ela, agora as crianças tão tudo no TikTok fazendo dancinha”, reclamou um internauta.

Outra internauta ainda rebateu a fala da apresentadora: “Tinha um sininho pras crianças acordarem pra assistir, sim, que era o tapa que as mães davam na bunda das crianças com um ‘acordaaaa que já tá tarde. Tá passando TV Globinho. Vai lá assistir e tomar café’. Saudades”, comentou.

Fátima Bernardes deixou o comando do ‘Encontro’ para desacelerar sua vida profissional. Agora, ela assume o desafio de apresentar o ‘The Voice Brasil’, programa que vai ao ar uma única vez na semana. Patrícia Poeta e Manoel Soares assumiram o ‘Encontro’, que completou 10 anos no ar.