PANTANAL

Sonia Abrão detona cena da primeira transa de Jove e Juma: ‘Pornô soft’

A apresentadora não gostou da sequência que mostrou os personagens no rio em Pantanal

Fábia Oliveira
Colunista do EM OFF

Nesta segunda-feira (04) foi ao ar a tão aguardada primeira transa de Jove ( Jesuíta Barbosa) e Juma (Alanis Guillen) em “Pantanal”. Mas parece que a cena não agradou uma ilustre telespectadora: Sonia Abrão. No “A Tarde é Sua” desta terça-feira(05), a apresentadora classificou o momento como horrível

“Mais parecia uma dança de acasalamento. Horrível. E a sucuri tinha que aparecer. Foi muito estranho, foi um pornô soft”, disse a comunicadora em seu programa na Redetv!.

Na opinião da veterana, o capítulo ficou marcado por outra cena. “Uma coisa que acabou sendo encoberta pela cena que o Zaqueu vai embora e começa a abrir o coração para o Eugênio, que ele não é uma piada. Foi muito forte, muito importante”, declarou. 

Apesar das críticas, ela enalteceu a adaptação do autor do remake de Pantanal.  “Parabéns para o Bruno Luperi pelo texto, foi abordando com complexidade (…) e o Zé Leôncio dessa nova versão é totalmente diferente, ele não é cúmplice, mas o texto dele era diferente, a colocação era outra. Dá pra entender o progresso e um dia a gente vai chegar lá”, declarou.

Mas parece que outros telespectadores gostaram da cena que mostra a primeira noite de sexo de Jove e Juma. A tag “primeira vez Juve”, nome que os fãs chamam o casal, e o nome de Juma e Jove foram parar nos assuntos mais comentados do Twitter.

Sonia Abrão detona look de Fátima Bernardes e acha falso momento de despedida

A despedida de Fátima Bernardes no “Encontro” desta sexta-feira(1°) desagradou Sonia Abrão. Durante o ‘A Tarde é Sua’, a apresentadora criticou vários momentos do matutino, sobrando até para a figurinista de Fátima. 

A veterana citou a quase ausência de Manoel Soares, um dos novos apresentadores do matinal. “De novo o pobre do Manoel Soares ficou meio escanteado nessa história. Foi de Fátima para Patrícia Poeta e de Patrícia Poeta para Fátima. O Manoel não está no patamar de igualdade como apresentador. A tendência é que ele vá ficar mais na reportagem do que no estúdio”, disse. 

Já ao analisar as imagens da hora em que Fátima passa o bastão para Patrícia, Sonia debochou. “Nossa, foi sempre juntas, né?”, questiona a comunicadora da Redetv! 

Ela também disse que o telespectador não podia esperar muito do momento. “Foi o máximo que se conseguiu. Milagre não dava, principalmente na maneira com que as coisas vieram se desenvolvendo até esse momento. O pessoal da cúpula deve ter dado graças a Deus. Pelo menos não se cutucaram, não se alfinetaram”, afirmou.

Entre as opiniões ácidas de Sonia, acabou sobrando até para a figurinista de Fátima, que foi colocada na “geladeira” da “Tarde é Sua” por ter escolhido um traje preto para a apresentadora.

“Gente, é uma despedida, não um luto! Ela tinha que estar com uma cor feliz, podia estar de branco, azul, verde, vermelho, alguma coisa que desse vida. Agora preto, para uma despedida, parece uma coisa que não é cheia de esperança, que vai ter uma nova etapa, que só está se encerrando um ciclo e que as coisas vão continuar numa boa. Não gostei dessa história do preto não, e olha que eu amo preto, por mim só estaria vestida de preto”, argumenta.