Fechar
se desculpou

Talitha Morete se pronuncia após acusações de racismo na web

‘Errei e não há nada a ser dito para justificar ou minimizar esse erro’, disse a apresentadora

Fábia Oliveira EM OFF
Fábia OliveiraColunista do EM OFF

Talitha Morete se viu no meio de uma polêmica nas redes sociais nesta segunda-feira (13), após um trecho do programa ‘É De Casa’ viralizar nas redes sociais. Na ocasião, a apresentadora pediu para a convidada do programa, Silene, uma cozinheira negra, servir cocada aos outros convidados e apresentadores. A atitude da jornalista levantou discussões na web e muitos internautas acusaram Talitha de racismo.

Nesta terça-feira (14), a jornalista resolveu se pronunciar. Em um texto publicado no Instagram, ela se desculpou pela atitude e assumiu o erro. “Antes de vir aqui, a primeira coisa que fiz foi falar com a dona Silene e pedir desculpas para ela. Eu também preciso me desculpar com todas as pessoas, com o meu público, pela minha fala. Errei e não há nada a ser dito para justificar ou minimizar esse erro, a não ser me desculpar”, começou dizendo.

A apresentadora disse que vem refletindo sobre tudo desde sábado e agradeceu o colega Manoel Soares, que contornou a situação conturbadora no ‘É De Casa’. “Desde sábado eu tenho refletido sobre o ocorrido. Eu tenho refletido sobre o lugar que ocupei nesse contexto. Como ser humano, como comunicadora, quero transformar esse episódio em aprendizado e num compromisso de vigília antirracista constante. É isso o que posso e devo fazer”, falou.

Talitha continuou: “Aproveito para agradecer ao meu colega Manoel Soares pela sensibilidade e o cuidado com a dona Silene. É muito importante quando estamos num grupo diverso que comprova como o mundo pode ser melhor quando inclui a todos”, finalizou.

Continua após a publicidade

Entenda

Durante o ‘É De Casa’ do último fim de semana, Talitha Morete falou para a convidada: “A dona da cocada, vai fazer as honras da casa, vai servir todo mundo, Silene”, pediu. Dona Silene vende o doce no salão de beleza que Thalita frequenta no Rio de Janeiro. 

Ao receber a travessa de cocadas das mãos de Talitha, a moradora da Cidade de Deus entregou um dos doces a ela. Foi então quando Manoel Soares, que é engajado na luta contra o racismo, aparentemente se incomoda com a cena e passa a servir os doces. “Vamos fazer o seguinte: eu vou ser o seu garçom e você vai me orientar para quem eu vou servir, porque você não vai servir ninguém”, explicou ele.

O comportamento de Talitha gerou um debate na internet sobre racismo estrutural, uma vez que ela, uma mulher branca, terceirizou a função a uma mulher negra, convidada da atração matinal.