Fechar
Polêmica

Tereza Seiblitz quebra o silêncio e expõe André Gonçalves

A atriz e mestra em Literatura defende a filha contra as críticas por cobrar pensão alimentícia do pai aos 22 anos

Fábia Oliveira EM OFF
Fábia OliveiraColunista do EM OFF

Sempre muito discreta desde que deixou à carreira de atriz para se tornar mestre em Literatura, Tereza Seiblitz  quebrou o silêncio e resolveu desabafar nas redes sociais nesta terça-feira (14) contra o ex, André Gonçalves. Ela contou que ele não paga pensão para Manuela Seiblitz há dez anos e ainda expôs um episódio de agressão.

Ao responder um fã que criticou o fato da moça cobrar pensão do ator aos 22 anos, ela saiu em defesa da herdeira. Teresa revelou que a dívida passa dos R$ 100 mil porque nunca foi paga nos ´últimos anos e que Manuela acabou sendo agredida verbalmente recentemente pelo pai. 

Você não sabe o que está falando. Grosseiro e cruel como tantos pais que não assumem os custos dos filhos. Para seu governo, o pai da minha filha, que fez 22 anos, não paga pensão há 10 anos. Ela desistiu da cobrança. Foi verbalmente agredida por ele. Além disso o advogado dele foi tão grosseiro que o mediador encerrou a sessão. Um conselho: se não pode ajudar, não atrapalhe”, respondeu a atriz.

André Gonçalves responde a dois processos na Justiça por falta de pagamentos de pensões alimentícias de Manuela e Valentina, de 18 anos, do casamento de André com Cynthia Benini, cobra na Justiça uma dívida de R$ 13,5 mil, referente aos três meses de atraso na pensão de R$ 4,5 mil. Por conta da dívida, o ator teve a prisão domiciliar decretada e terá que usar tornozeleira eletrônica.

Continua após a publicidade

Há ainda uma outra ação, movida pela mãe de Valentina em São Paulo, que cobra mais de R$ 350 mil a André Gonçalves por falta de pagamentos anteriores à filha. O ator , sem trabalhos fixos antes mesmo da pandemia do coronavírus, lamentou o fato das filhas pedirem sua prisão por conta da dívida de pensão.

“Elas viraram as costas para mim por dinheiro. Eu sei o pai que eu sou. Não sou bandido”, desabafou o ator”, afirmando não tem como pagar quase R$ 500 mil de dívida de pensão às duas filhas.

Post de Tereza Seiblitz/Reprodução