EITA!

Timotinho se pronuncia após ser contestado por família de Agnaldo Timóteo

Produtor anunciou que irá lançar livro e museu sobre a vida do tio; família anuncia processo e ele rebate

Fábia Oliveira
Colunista do EM OFF

A família de Agnaldo Timóteo, que faleceu em 2021 aos 84 anos, contestou o grau de parentesco do sobrinho postiço do cantor, Damião de Sá da Silva, conhecido com Timotinho. O produtor anunciou que lançaria um livro e um museu em homenagem ao tio

“Damião, que se diz sobrinho de Agnaldo Timóteo, não possui nenhum grau de parentesco com o cantor e nem com os familiares de Agnaldo, além de não fazer parte do inventário”, diz um trecho do comunicado.

Recentemente, Damião adiantou o teor do livro, que está previsto para 2023, prometendo informações de bastidores, polêmicas e confusões. Ele também disse que na casa onde Agnaldo morou será criado o museu, com diversos itens importantes da carreira do artista.

A nota informa que Timóteo já possui biografia aprovada em vida e que irá processar Timotinho. “Você não tem legitimidade para falar em nome da família, por isso, faz afirmações caluniosas sobre a situação e o destino do patrimônio. Você responderá judicialmente por todas as afirmações”, finaliza o texto, que é assinado por Rutnete Thimoteo Pereira, Maria Themoteo Pereira, Cicero Themoteo Pereira, Marcelo de Souza Vasconcellos e Marcio de Souza Vasconcellos. 

Procurada pela coluna, a assessoria de imprensa de Damião de Sá da Silva disse que ele, apesar de não ser sobrinho de sangue do cantor, foi apadrinhado publicamente pelo mesmo por mais de duas décadas.

“Em respeito à família do cantor Agnaldo Timóteo, vale lembrar que por mais de 20 anos, o próprio cantor apadrinhou o DJ e produtor Timotinho perante às câmeras e a imprensa nacional o chamando de sobrinho publicamente”, começa. 

O comunicado continua dizendo que Timotinho vai lançar a biografia de Timóteo com ou sem a autorização da família de sangue. Ainda afirma que ele vai lutar o resto da vida para cuidar da filha de criação do artista. “Eu, Timotinho, sei o que passei com ele, sei o que ele passou comigo. Isso ninguém vai tirar. Ninguém vai apagar nossa história”, declara.

Segundo a equipe de Timotinho, ele sabe os últimos desejos que o artista teve. “Durante duas décadas Agnaldo o apresentou como sobrinho/filho em todos os programas e que viveu com ele seus últimos dias e sabe de seus últimos desejos, e que é por isso que está ao lado de Kayty Evelyn, filha de criação de Timóteo, para quem ele deixou o casarão em testamento”, continua a nota. 

O produtor afirma que ficará ao lado da menina até o fim para garantir os direitos dela e fazer valer os desejos do tio deixados registrados em testamento.

“Eles não aceitam que eu zele o nome do Timóteo. Cuido, como cuidei durante 20 anos. Vou lançar a biografia com autorização de vocês ou não. Respeitem a decisão do Timóteo. Respeitem a Kate!”, completa o produtor.

E finaliza dizendo: “Lamentavelmente vocês fizeram uma nota dessa, com o advogado de vocês, dizendo que eu estou desonrando a história e a imagem do Timóteo. As pessoas conhecem minha índole, sabem como cuidei do Timóteo em vida até seu último dia. Então não vou dizer mais nada!”.