Fechar
polêmica

Vídeo: Jéssica Alves diz ter sido alvo de transfobia em boate de São Paulo

‘Fui humilhada na entrada da casa. Eu não volto aqui e não recomendo a ninguém’, disse

Fábia Oliveira EM OFF
Fábia OliveiraColunista do EM OFF

Jéssica Alves resolveu falar sobre a discriminação que sofreu ao tentar entrar em uma boate em São Paulo, na noite da última quinta-feira (13). Jéssica é uma mulher trans e acusou a casa noturna de transfobia. “Estou me sentindo completamente discriminada pela Tetto (Tetto Lounge), aqui em São Paulo. Uma casa completamente transfóbica, de pessoas anti-profissionais. Fui humilhada na entrada da casa. Eu não volto aqui e não recomendo a ninguém essa casa”, começou ela.

E continuou: “Eu acho que eles não deveriam estar operando com essa política que eles tem aqui. Por isso que o Brasil não vai pra frente. Depois a casa fecha e fica todo mundo desempregado por incompetência de pessoas mal treinadas. Os proprietários é que tem a perder. A hostess é uma pessoa anti-profissional. Eu não empregaria uma pessoa dessa para trabalhar pra mim ou em nenhuma boate. eu não recomendo esse lugar, principalmente se você for uma mulher transgênera”.

Jéssica é conhecida por ter se submetido a diversas plásticas para mudar sua aparência. Em 2013, Alves foi diagnosticado com dismorfia corporal — uma “condição de saúde mental em que uma pessoa passa uma quantidade obsessiva de tempo se preocupando com falhas em sua aparência”.