Fechar
vício

Vitão diz ter trocado maconha por livros: ‘super difícil’

Cantor tem gostado de ler biografias

Fábia Oliveira EM OFF
Fábia OliveiraColunista do EM OFF

Vitão, que sempre foi conhecido por evitar expor sua vida pessoal, dando sempre prioridade ao seu trabalho na música como foco principal, parece ter mudado de ideia quanto ao seu jeito mais reservado de ser. Recentemente, o cantor tem dado diversas declarações sobre suas intimidades, tendo, inclusive, revelado que está redescobrindo sua sexualidade.

Agora, foi a vez de Vitão contar em entrevista que deixou de usar maconha. Mas o mais curioso é a forma como o cantor conseguiu parar com seu vício. “Troquei a maconha diária pela leitura diária, isso já mexeu com a minha cabeça de uma forma bizarra. Foi algo super difícil, mas estou conseguindo fazer isso”, contou o cantor à Folha de São Paulo.

Ele ainda abriu algumas de suas preferências literárias, sendo as biografias as principais delas: “‘O Menino do Pijama Listrado’, que foge desse estilo (biográfico)”, disse. Recentemente, leu histórias dos guitarristas Slash, do Guns N’ Roses, e Angus Young, do AC/DC.

“Como artista, eu me espelho na vida dessas pessoas e posso aprender com os erros, virtudes e conquistas… Quantos artistas não morreram super cedo por causa dos maus hábitos?”, pontuou Vitão, que atualmente está terminando a biografia de Raul Seixas (1945 – 1989).

Continua após a publicidade

Redescobrindo a sexualidade

Vitão surpreendeu muita gente ao revelar publicamente que tomou gosto pelo uso da maquiagem. Além disso, quem acompanha o cantor nas redes sociais tem percebido que ele é o mais novo adepto de peças mais ‘afeminadas’, digamos.

O cantor contou que está passando por uma fase de transição. “É um momento de transição. Quero deixar para trás toda a fase de ódio, relacionamento e psicológico abalado para me despir cada vez mais de tudo que eu vinha sendo e poder me tornar outra coisa. É um pouco parecido com a borboleta”, contou ele à Revista GQ Brasil.

“Tenho entendido em mim que quero dizer agora exatamente o oposto do que eu disse antes. Eu tenho direito de mudar de ideia, de errar, de ser hipócrita e isso é gostoso. Faz parte da vida”, assumiu o ex de Luísa Sonza à publicação.

Os novos gostos pessoais do artista na hora se arrumar causaram um debate em casa, com a mãe dele. “Eu ainda tenho muitos debates com ela. Eu estava me amando, me curtindo demais e minha mãe começou a me mandar umas mensagens dizendo: ‘Filho você é tão bonito para isso’. Foi algo que me deixou super triste”, lamentou.

Tags Relacionadas: