Fechar

EXCLUSIVO Operadora de Marketing luta para ser reconhecida como filha de ex-jogador do Santos

Thamires Lopes entra com ação judicial de investigação de paternidade de Giovanni Oliveira, ídolo do Santos

Fábia Oliveira EM OFF
Fábia OliveiraColunista do EM OFF

Thamires Lopes completou 28 anos no dia 9 de outubro. Dia do jogo entre Santos e Vasco na Arena Barueri, em São Paulo, pela Copa Brasil WLegends, que reúne ex-jogadores dos grande clubes brasileiros. Ela foi ao estádio para tentar se aproximar e ver pela primeira vez de perto o meia-atacante, Giovanni Oliveira, ídolo do Santos na década 90, que a sua mãe acredita ser o pai biológico que ela tenta quer conhecer.

“Eu descobri aos nove anos que o homem que me criou não era meu pai e depois de um tempo, a minha mãe resolveu me contar que teve um romance com um rapaz em Araçatuba, em 1992. Ele se apresentou como jogador de futebol e que estava na cidade com outros jogadores para uma partida. Eles se conheceram em um concurso de karaokê de um bar perto da concentração. Anos mais tarde, eu comecei a pesquisar e mostrar fotos de vários jogadores de futebol da época com as características parecidas que ela me passou. Foram várias fotos de jogadores diferentes até que em uma das imagens, ela reconheceu o Giovanni”, contou Thamires à coluna.

Thamires Lopes e Giovanni Oliveira

Operadora de Marketing, Thamires revelou que tentou entrar em contato com o ex-jogador por várias vezes nos últimos anos. Ela chegou a enviar muitas mensagens diretas pelas redes sociais e nunca obteve uma resposta. Até que em julho deste ano, cansada de esperar, a moça decidiu entrar com uma ação judicial de investigação de paternidade.

“O processo está rolando e eu nunca vi uma demora tão grande para chamar as duas partes envolvidas e fazer logo o exame. Quero acabar com esse sofrimento porque preciso saber se ele é o meu pai. Fui ao jogo para vê-lo e ele foi ríspido comigo: ‘você está acabando com a minha vida. Eu não sou seu pai porque eu fiz vasectomia em 96 e sou pai de filho adotado’. me disse isso aos berros ! Fiquei muito nervosa, passei mal e precisei ser amparada pelos colegas de time dele por causa da confusão”, contou Thamires, que vale lembrar nasceu em 93.

Continua após a publicidade

Compaixão

“Se ele tem tanta certeza que não é meu pai por que se recusa a fazer o exame? Por que vive dizendo que é um homem de família, cristão e não tem nenhum gesto de compaixão com uma mulher que só quer saber sobre a sua história? Não entendo”, desbafou.

A coluna procurou Giovanni Oliveira e até o fechamento da matéria, o ex-jogador de futebol respondeu a nossa solicitação sobre o exame de DNA de Thamires Lopes.

Thamires Lopes
Thamires Lopes
Giovanni Oliveira
Giovanni Oliveira

Você usa TELEGRAM? Então entre no nosso canal e receba nossas notícias no seu celular.
Basta clicar aqui -> https://t.me/portalemoff