Fechar
Britney Spears

Adriane Galisteu pede liberdade de Britney Spears durante programa

Apresentadora foi mais uma celebridade a apoiar cantora norte-americana

Bruno PintoRepórter do EM OFF

Adriane Galisteu surpreendeu ao telespectador que estava assistindo “Power Couple”. Na noite desta quarta-feira (23), a apresentadora usou um pequeno espaço do programa para pedir pela liberdade de Britney Spears. A cantora está em uma batalha judicial pedindo o fim da tutela controlada pelo pai.

A declaração de Galisteu aconteceu após depoimento de Britney, ocorrido nesta quarta-feira (23), sobre o processo de tutela. Jamie Spears é o pai da cantora e desde 2008 tem total controle sobre a vida e a fortuna de Britney.  A apresentadora do “Power Couple Brasil 5”, pediu para que os telespectadores subissem a hastag “#FreeBritney”, já conhecida e usada pelos fãs da cantora.

Em um depoimento marcado por relatos detalhados de sua vida e consequências causadas pela tutela, Britney Spears iniciou seu depoimento por volta das 15h. Durante a audiência não pôde ocorrer gravações de vídeo, apenas de áudio. A imprensa americana estava acompanhando tudo de forma virtual.

Em uma das partes do depoimento, Britney disse que mentiu dizendo ao mundo que estava bem, mas na verdade o que estava acontecendo era o oposto: “Eu estive em negação, estive em choque, estou traumatizada”, afirmou Britney. “Não consigo dormir, estou deprimida, choro todos os dias”.

Continua após a publicidade

A cantora norte-americana chocou ao dizer que gostaria de ter mais filhos, mas é obrigada a usar DIU (método contraceptivo para evitar gravidez). A musa do pop afirmou que não tem autorização para retirá-lo: “Eu tenho um DIU em meu corpo agora que não me deixa ter um bebê e meus tutores não me deixam ir ao médico para retirá-lo”.

Não foi só Adriane Galisteu que se solidarizou com o caso de Britney Spears, além dos astros da música como Justin Timberlake e Mariah Carey, outros artistas vem prestando apoio a cantora. Por meio de uma postagem no twitter, o ex-namorado de Britney escreveu:

“Depois do que vimos hoje, todos nós deveríamos estar apoiando Britney neste momento. Independentemente do nosso passado, bom e mau, e não importa há quanto tempo isso foi. O que está acontecendo com ela não está certo. Nenhuma mulher deve ser impedida de tomar decisões sobre seu próprio corpo. Ninguém deve nunca ser detido contra sua vontade ou nunca ter que pedir permissão para acessar tudo pelo que trabalhou tanto. Jess e eu mandamos lembranças e apoio absoluto a Britney durante esse período. Esperamos que os tribunais e sua família a deixem viver como ela quiser”, publicou Justin Timberlake.