Fechar
Emocionante

Alexandre Borges se emociona e chora em entrevista à Sonia Abrão

O ator não conseguiu segurar a emoção ao falar sobre a mãe e foi às lágrimas

Bruno PintoRepórter do EM OFF

Alexandre Borges foi uma das presenças ilustres no espetáculo protagonizado por Dedé Santana, no Cine Circo Teatro Itinerante, em cartaz no Rio de Janeiro. O ator de sucesso, que também faz parte da direção da apresentação, concedeu uma entrevista e falou sobre diversos assuntos. Além contar detalhes sobre a produção, Alexandre falou da carreira e, de forma emocionante, lembrou da morte de sua mãe.

Na tarde desta segunda-feira (29), durante o programa “A Tarde é Sua”, foi exibida a conversa com o ator. Já no fim do espetáculo, Alexandre revelou como contribui para a produção do espetáculo: “A minha função é ajudar, é ser mais um componente, porque o Dedé merece todas as homenagens. É uma homenagem a esse grande artista, que sempre foi a vanguarda do humor. A gente só pode dar os parabéns para esse homem de 85 anos, que ainda continua na ativa e dando o exemplo”.

O ator contou detalhes sobre sua participação no reality show musical “The Masked Singer Brasil” e como descreve a experiência de viver algo totalmente diferente do que já foi feito em sua carreira: “Foi uma experiência maravilhosa, uma surpresa o convite da Rede Globo. Foi gratificante abrir uma possibilidade como artista, um aprendizado. Eu tive todo o suporte em aulas de dança e de voz, tudo mascarado. Eu já saia de casa com um capuz”.

Em determinado momento da entrevista, foi falado sobre a morte de Rosa Linda Maria Borges, sua mãe, que faleceu em setembro: “Se minha mãe estivesse aqui, ela estaria muito feliz e muito orgulhosa. Ela tinha sempre uma alegria muito grande de me ver nas novelas, nos teatros. Então, eu procuro seguir isso, porque o lado físico é o que se foi, a existência dela. Mas o lado espiritual, o lado que a gente acredita continua”.

Continua após a publicidade

O ex-marido da atriz Júlia Lemmertz revelou que entende a morte como um grande mistério, mas que compreende que é uma etapa da vida: “Seja o que for, a gente não sabe, pois é um mistério muito grande, a gente tenta entender isso. A morte é uma coisa que nos assusta. Quando você presencia, quando você está vendo, você realmente entende que a vida é isso, uma passagem, é um momento que temos que aceitar”.

O ator continuou fazendo sua breve reflexão sobre a morte e ressaltou a fragilidade da vida, que num sopro, tudo pode acabar: “A gente tem que ter esse aprendizado. Eu acho que Deus colocou isso como a certeza que nós temos em nossas vidas. Isso faz com que, cada vez que a gente passa por isso, a gente fala: ‘Nossa, a vida é tão efêmera’. A gente não sabe o dia de amanhã”.

Alexandre Borges concluiu dizendo que desde o falecimento de sua mãe, que sofria de alzheimer, inúmeras pessoas entraram em contato com ele para pedir ajuda: “A gente tem que tocar nos assuntos, tem que falar, pois tem muita gente que passou por isso. No Instagram, eu recebo muitas mensagens, de muitas pessoas que estão na mesma situação que eu estava… Pessoas que tem movimentos de valorização da terceira idade, do que é o alzheimer”.