Fechar
Caridade

Alok promete ajudar famílias carentes mostradas em reportagem

Após assistir à matéria tocante do "Profissão Repórter", o DJ busca o contato das pessoas mostradas na reportagem para ajudá-las

Aline TorresRepórter do EM OFF

Na noite da última terça-feira o Profissão Repórter” mostrou a situação de algumas famílias que estão passando necessidade devido à pandemia de Covid-19 e como essas pessoas utilizam o auxílio emergencial fornecido pelo Governo Federal.

O DJ mundialmente famoso, Alok, se compadeceu da situação das pessoas mostradas no programa e fez uma postagem em seu perfil do Twitter, marcando o perfil do “Profissão Repórter“, para lhe enviarem o contato dessas pessoas para que ele entrasse em contato e ajudasse.

Profissão repórter de hoje tá muito forte! Muito triste, mas muito necessário. Por favor @profreporter me passa o contato dessas famílias que vocês acompanharam no programa de hoje!”, disse o Dj na postagem.

O programa buscou mostrar como o auxílio emergencial é usado por pessoas que foram muito afetadas pela pandemia. O valor fornecido pelo Governo Federal em 2021 é de R$150 a R$ 375, diferente de 2020 que teve valores a partir de R$ 600.

Continua após a publicidade

Uma das famílias entrevistadas na reportagem foi a da Tainá Rodrigues, de 29 anos, que mora em uma barraca na rua com dois filhos e o marido. Eles são do Rio Grande do Sul e conseguiram se manter com o auxílio de R$600 após perderem o emprego.

No entanto, com a suspensão do auxílio, eles resolveram se mudar para São Paulo na esperança de conseguir um emprego com mais facilidade, mas não conseguiram e permaneceram sem perspectivas e sem renda, tendo de morar na rua.

A seguir, veja a postagem de Alok e em seguida um trecho do programa mostrando uma fala de Tainá:

Tem alguma foto? print? vídeo? ou áudio de alguma fofoca? envie um e-mail para contato@portalemoff.com.br sua identidade será mantida no mais absoluto sigilo