Fechar
León

Andressa Urach diz que colocaria nome do filho de Bolsonaro

Ex-vice Miss Bumbum disse que queria chamar o segundo filho de Bolsonaro, mas foi impedida

Aline TorresRepórter do EM OFF

Em vídeo publicado no seu canal do YouTube, Andressa Urach revelou o nome do segundo filho, primeiro fruto do relacionamento com Thiago Lopes. No entanto, mesmo com o nome escolhido, a modelo disse que gostaria de ter posto Bolsonaro como identificação da criança, mas o filho mais velho decidiu pelo nome León.

“Eu queria Leão, leão da selva, mas o Thiago não deixou. [León] Significa valente como um leão, então quase ficou leãozinho”, disse em um dos trechos do vídeo. Em seguida, ela contou que gostaria de colocar o nome do filho de Bolsonaro em homenagem ao presidente da República, Jair Messias Bolsonaro (sem partido).

“Somos bolsonaristas assumidos. O Thiago fez uma brincadeira e, no fim, nossa, algumas pessoas não entenderam. Resultado da história, falando do nome do neném, já que chegamos a este ponto, queria que se chamasse Bolsonaro”, revelou também sobre a brincadeira que o marido fez sobre não ter dado uma “fraquejada”, por isso que a criança é um menino.

“Não dei fraquejada, vai nascer menino!”, disse Thiago Lopes, o que rendeu algumas críticas. A referência feita foi baseada em uma fala do presidente da República na época em que ele era deputado federal. Na ocasião, ele disse que a filha caçula, Laura, nasceu porque ele teria dado uma “fraquejada”, já que ele tem outros quatro filhos, todos homens.

Continua após a publicidade

Polêmica com Tatá Werneck

Andressa Urach se pronunciou nos stories do Instagram após ser noticiado que ela havia sido desconvidada a participar do programa “Lady Night”, que é apresentado por Tatá Werneck, devido à militância que faz para o presidente Jair Messias Bolsonaro. A moça se disse estar muito triste e afirma que a apresentadora não a conhece.

Na rede social, ela compartilhou uma imagem mostrando um print de uma matéria que tinha como manchete “Urach é desconvidada por Tatá Werneck após apoio a Bolsonaro”. Do lado da notícia, a ex-vice Miss Bumbum escreveu um texto falando sobre o assunto e diz esperar que a matéria noticiada seja uma fake news:

“Fiquei muito triste em ver essa notícia, até por que admiro ela. Ela não me conhece pessoalmente para me julgar assim! Não sei se isso é verdade, até porque nem estava sabendo que fui desconvidada. Fico só pensando onde está a democracia? Eu não falaria sobre opinião política lá! A não ser que me perguntassem”, iniciou a influenciadora.

“Gente, sou cidadã e apoio sim o Bolsonaro e não vou deixar de apoiar ele! Eu amo o meu país e sempre vou me posicionar pelo que acredito! Se a Tatá não me quer lá, tudo bem. Um dia ainda vou ter um programa de TV e convido ela, mesmo ela sendo de opinião política contrária a minha! Afinal, o lindo da vida, é ter opiniões diferentes e respeitar as pessoas, por isso é fundamental”.

“A vida é uma roda gigante, ninguém é melhor do que ninguém e todos vamos para o mesmo buraco quando morremos! Eu espero que essa notícia seja uma fake news, pois não esperava isso dela. Mas se for, tudo bem! Quero que Deus abençõe você e sua linda família Tatá”, finalizou Andressa na publicação que ela fez nos stories do Instagram.

Tem alguma foto? print? vídeo? ou áudio de alguma fofoca? envie um e-mail para contato@portalemoff.com.br sua identidade será mantida no mais absoluto sigilo