Fechar
Buscando alternativas

Anitta arma estratégia para limpar imagem após polêmica

A cantora recebeu dicas e sugestões de seguidores através das redes sociais

Vitor CaiqueRepórter do EM OFF

Anitta segue tentando reverter o quadro polêmico com sua imagem. Depois de ser alvo de duras críticas, após a revista americana Nylon divulgar seu nome com uma declaração fora do contexto, tirada de uma entrevista para o trabalho, a cantora está buscando alternativas junto a sua equipe para limpar sua imagem, já que na última segunda-feira (4), seu nome foi alvo de mensagens negativas pelas palavras divulgadas nas redes.

Tudo começou quando a carioca posou com um visual super fashion, para a capa que foi divulgada acompanhada de uma citação, que eventualmente seria dela. “No Brasil, todo mundo quer se divertir e trans*r e eu quero trazer essa energia para cá [Coachella]”, dizia o conteúdo. Sem saber de nada, Anitta se surpreendeu com as mensagens através do Instagram, quando sua amiga, a influenciadora Rainha Matos, postou um print do conteúdo que já estava sendo veiculado nas redes.

No meio de muitas críticas, a compositora tentou se explicar de diversas acusações que recebeu no decorrer da última segunda-feira, e como de costume, muitos internautas não deram ouvidos as suas palavras e continuaram julgando seu ato, que segundo ela, não foi proposital, e muito menos compartilhado com sua equipe, antes mesmo do trabalho ir ao ar, e virar um dos principais assuntos da semana.

Depois de muita falação, que inclusive, veio de fãs julgando a artista, alguns seguidores tentaram ajudar Anitta na empreitada de limpar a imagem após o caos instaurado em sua equipe e carreira, no Twitter, uma seguidora decidiu dar uma ideia para a musa carioca, que foi respondida positivamente após dar sugestões em sua plano de comunicação neste momento de crise.

Continua após a publicidade

A influenciadora digital e seguidora Winnie Bueno deixou uma mensagem para a empresária. “Uma coisa muito legal que @Anitta podia fazer, perante o uso que a revista fez da entrevista dela, é um tanto de conteúdo bem fundamento sobre a importância de não circular esteriótipos, que servem para justificar a exploração sexual de mulheres. Tem um monte de gente bastante gabaritada que pode ajudar nisso, e o tamanho da visibilidade da Anitta pode ajudar e muito na disputa de narrativa”, iniciou a internauta.

“A mídia é o principal lugar de circulação desses esteriótipos, a revista ter dado destaque para a fala de uma mulher brasileira, para eles considerada latina, centralizando uma espécie de imagem de sexualidade descontrolada é o tipo de coisa mais comum na mídia internacional. Controle de narrativa é uma coisa muito importante e quem acompanha a carreira da Anitta, e sabe que ela se preocupa com isso. Com o aumento do alcance internacional, precisa também aumentar o controle de narrativa, não apenas sobre si, mas sobre tudo o que ela representa”, finalizou.

Sendo pauta de assuntos que envolvem esteriótipos femininos e acusada de promover turismo sexual no país, após as palavras irem ao ar, Anitta não se calou e respondeu a sugestão de Winnie, que foi bem aceita pela artista e seus fãs, que concordaram com a sugestão via Twitter. “Nossa, pois eu amei a sua sugestão. Esse lance acabou com meu dia vocês não fazem ideia. Era pra ensaiar, não consegui. Frustração mesmo. Corri aqui e consegui a entrevista na íntegra… enfim. Vou descansar a mente um pouco porque isso me abalou demais. Mas amanhã volto aqui pra falar”, comentou a cantora.

Resta saber qual a estratégia adotada por Anitta nesta fase da carreira, após uma polêmica internacional, que causou um alvoroço, além de trazer uma imagem negativa para seu trabalho, que vem sendo aclamado nos últimos dias pela explosão de seu novo trabalho, o hit “Envolver”, que se tornou uma das músicas mais ouvidas do mundo, conquistando o TOP 1 Global do Spotify, e alçando o topo da Billboard.

Tags Relacionadas: