Fechar
FIM DA TRETA

Após brigas, Felipe Prior posta foto ao lado de Manu Gavassi: “Já passou”

Felipe Pior diz que tudo foi apenas um jogo e que só tem gratidão

Augusto ViannaRepórter do EM OFF

Sabem aquele ditado que diz: “O que acontece em Vegas fica em Vegas?” Pois bem! Para Felipe Prior, ex- Big Brother Brasil 20, essa frase também funciona para o reality, em que ele causou várias tretas com os participantes, inclusive, com a cantora Manu Gavassi. Nesta segunda-feira(23), o arquiteto surpreendeu os seguidores ao postar uma foto lado da moça dizendo que estava doido para ouvir o novo álbum de Manu.

Ao EM OFF, Prior revelou que tudo não passou de um jogo e que a rivalidade criada na época não faz mais sentido. “Cada um dá o que tem. Eu só tenho gratidão no meu coração, por todas as pessoas com quem estive no bbb. Lá foi um jogo e já passou. Página virada. Que todo mundo possa ter oportunidade de mostrar seu melhor. Eu estou focado na minha vida e em todas as oportunidades que estão surgindo”, disse ele.

No twitter, ele publicou uma foto abraço com Manu no confinamento com a seguinte legenda explicando o motivo da publicação: “Eu só falei que estava ansioso para ouvir o som novo da Manu Gavassi e todo mundo me ligando hoje. Agora quando lançar vou divulgar para minha tropa toda”.

Prior e Manu protagonizaram em 2020, um paredão histórico que mobilizou desde a classe artística com Bruna Marquezine realizando mutirões à classe do futebol comandado pelo jogador Neymar que pedia a permanência de Felipe no jogo. Devido a pandemia, que encontra-se no início do isolamento social, a votação bateu recorde mundial. Foram mais de 1,5 bilhões de votos no reality show. O brother acabou sendo eliminado pela sister com 56,73% dos votos. Uma disputa acirrada. 

Continua após a publicidade

Felipe ganhou até o bordão “Joga y Joga” compartilhado pelo público nas redes sociais e entre os jogadores como Gabigol, que chegou a fazer dancinha no Twitter, e o apelido de “El Mago Prior” que caiu nas graças do público da internet. O craque do Flamengo também torcia por Babu Santana, braço direito do mago. Quando ele foi salvo de um paredão, até queima de fogos foi feita pelos apoiadores dele.