Fechar
Paz selada

Após polêmicas, Whindersson Nunes reencontra antigo desafeto

Whindersson Nunes está em viagem para os Estados Unidos e lá encontrou seu antigo desafeto, Carlinhos Maia

Aline TorresRepórter do EM OFF

Parece que as desavenças entre Whindersson Nunes e Carlinhos Maia ficaram para trás. Os dois se reencontraram em viagem para Miami nos Estados Unidos, surpreendendo os fãs dos dois comediantes. A separação dos dois acontecia desde 2019, quando brigaram nos bastidores da série do Multishow, “Os Roni”, onde dividiam o palco com outros atores e atrizes, incluindo Gessica Kaiane, a Gkay.

Ainda em 2019, Whindersson chegou a revelar o motivo pelo qual a briga havia começado entre os dois. Carlinhos Maia convidou o humorista e a ex-esposa, Luísa Sonza para serem padrinhos do casamento dele com Lucas Guimarães. No entanto, o piauiense recusou o convite e conversou com o então amigo que não se sentia confortável para receber tal função.

Na época, Whindersson apareceu nos stories contando que foi bloqueado por Carlinhos após explicar os motivos pelo qual não queria ser padrinho do casamento. “Queria esclarecer desde o começo que eu não estou brigando com ninguém. Não quero, nunca quis, brigar com ninguém”, começou o ex-marido de Luísa Sonza nas redes sociais.

“Conheci o Carlinhos pelo Kaká [Diniz] e a Simone [dupla de Simaria]. Uma pessoa muito legal, gente boa, presença. E eu gosto de gente assim. Aquela amizade foi ficando mais próxima, eu, ele, Tirulipa…”, continuou. Em seguida, Whindersson falou sobre algumas atitudes tomadas por Calinhos nos bastidores de “Os Roni”, que o desagradaram:

Continua após a publicidade

“Aí nos ‘Roni’ [série que trabalharam juntos], eu já senti umas atitudes, umas coisas assim (…) Algumas vezes ia ficando chateado, a gente sentava pra conversar. Ele me contava o lado dele, falava que ia mudar. Quando eu saia… ‘Whindersson, não acredito, tu acabou de sair e o cara falando não sei o que’. (…) Aí comecei a dar uma afastada”, relatou ainda.

“E aí foi que chegou o assunto do casamento e ele falou que eu ia ser padrinho do casamento. (…) Aí o dia passando e comecei a pensar: ‘bicho, padrinho de casamento é uma pessoa próxima’. O padrinho é quem você pede conselho num problema de casamento. Como eu vou dar conselho na vida de uma pessoa que eu não estou muito por dentro? Não tinha como”, disse ainda.

“Aí eu falei que não daria para ser padrinho do casamento dele e ele me bloqueou [no WhatsApp]. Eu não estou fazendo nada, não falei nada, não briguei com ninguém e ele me bloqueou. Gente, eu estou tranquilaço. Até agorinha há pouco eu estava bloqueado. Ele falou comigo, pediu desculpas, foi super humilde, foi bem legal. Eu acho que agora ele deve ter tomado algum choque de realidade, porque eu não entendi mesmo”, afirmou.

“Juro que não estou me fazendo de doido, não. Eu era amigo dele, sim, só que eu dou aquilo que a pessoa me parece estar precisando receber. Se eu estou dando um conselho e a pessoa briga comigo, se estou tentando ajudar de uma forma e a pessoa não me quer perto, eu vou me afastando”, completou Whindersson que não falou mais sobre o assunto nas redes sociais.

Tempos depois, Carlinhos também falou sobre o assunto. O comediante alagoano admitiu que teve total culpa na briga com o ex-amigo: “Eu estava infeliz […] comecei a competir com o Whindersson e me perdi de mim mesmo”, disse em trecho de entrevista para o portal Metrópoles. “Eu e Whindersson já conversamos e nos resolvemos”, afirmou.

Carlinhos e Whindersson se reencontram nos Estados Unidos (Reprodução Instagram)
Carlinhos e Whindersson se reencontram nos Estados Unidos (Reprodução Instagram)