Fechar
NOVO CAPÍTULO

Após reportagem do EM OFF, Luísa Mell procura Bruna e oferece ajuda

A apresentadora e ativista voltou atrás, se comoveu com a situação de Bruna e ofereceu ajuda

Danilo ReenlsoberRepórter do EM OFF

Na última sexta-feira (08), o EM OFF trouxe a história de Bruna da Silva Viana, que ficou em estado vegetativo depois de se envolver em um acidente de trânsito causado pela apresentadora e ativista Luísa Mell. Após a publicação da reportagem, a famosa foi às redes sociais e se defendeu, dizendo que ajuda a família anualmente, o que foi desmentindo pela família. Agora, o caso ganhou um novo episódio.

O EM OFF apurou que, após o desabafo publicado nas redes sociais, a apresentadora voltou atrás e se comoveu com a situação de Bruna. O acidente ocorreu em 2008, quando a moça tinha apenas 17 anos, em São Paulo. Hoje, a vítima tem 30 anos e não anda, não fala, faz uso de fraldas e se alimenta por meio de uma sonda. A família, humilde e carente, vive com a ajuda de doações de amigos e parentes.

Na madrugada do dia 29 de junho de 2008, a apresentadora dirigia seu veículo de luxo, um Mitsubishi Pajero, pela Avenida Francisco Morato, famosa em São Paulo. De acordo com o portal de notícias G1, que noticiou o acidente na época, Luísa Mell seguia para a casa de amigos. Por volta das 3h20, a famosa fez uma conversão à esquerda para acessar a Avenida Jorge João Saad. Com isso, ela acabou fechando uma motocicleta com dois ocupantes.

O condutor da motocicleta era Marcelo Leal de Freitas, que na época tinha 21 anos. Na garupa, estava Bruna, que na época era noiva de Marcelo. Após ser fechado por Luísa Mell, ele perdeu o controle da moto e bateu em um poste. Com isso, Bruna foi arremessada do veículo vários metros adiante. Os dois foram levados ao Hospital das Clínicas, na Zona Oeste da capital paulista.

Continua após a publicidade

Marcelo teve fraturas expostas na perna, passou por cirurgia e reabilitação, e hoje tem uma vida normal. Atualmente, ele está casado e tem filhos. Bruna, no entanto, não teve a mesma sorte. Ela ficou meses internada e, inclusive, correu risco de vida. A moça sobreviveu, mas com sequelas graves. Há 13 anos, ela não anda, não fala, enxerga com apenas um olho e precisa de uma alimentação especial. A situação de Bruna afetou toda a vida da família.

Se defendeu

No fim de semana, a apresentadora apareceu no Instagram e falou sobre o caso. No vídeo, ela disse que a experiência do acidente foi “terrível” e que ajudou “por algum tempo fora na Justiça”. “Depois, na Justiça, eu paguei tudo o que eu devia. Mesmo depois do acordo na Justiça, onde eu não devo mais nada, não teve um ano que eu não doei dinheiro pra essa família (…) E eu posso, sim, provar todas as doações que eu fiz“, disse.

A família de Bruna Viana desmentiu a ativista. Em tom de revolta, o pai da vítima, Francisco Viana, afirmou que Luísa Mell não ajuda a família há 11 anos: “Ela [Luísa] falou no vídeo que nunca passou um ano sem ajudar a família. É mentira! A última vez que ela falou com a gente foi em 2010, há 11 anos”. No acidente, Luísa Mell não se feriu, mas disse, na época, que ficou muito abalada.

A apresentadora, no entanto, voltou atrás nas suas declarações. Após a publicação da reportagem pelo EM OFF, a ativista pelo direito dos animais enviou dois representantes até a casa da família, que vive em Embu das Artes, município da Região Metropolitana de São Paulo, e ofereceu todo o suporte necessário para Bruna, como ajuda financeira e atendimento home care.

Repercussão

A família de Bruna disse que aceitaria a ajuda da ativista, mas por receio, pediu a presença de um advogado e um novo encontro deve ser marcado em breve para que tudo seja definido. Ainda de acordo com a apuração do EM OFF, por meio dos seus emissários, Luísa Mell disse que gostaria de fazer uma visita a Bruna para conhecer mais sobre o seu dia a dia e prestar sua solidariedade.

O caso envolvendo Bruna e Luísa teve muita repercussão nas redes sociais. A apresentadora, inclusive, chegou a entrar com uma representação no Ministério Público do Ceará pedindo a prisão do jornalista Erlan Bastos. Na ação, ela solicitou uma busca e apreensão na casa dele, alegando que o comunicador, que comanda o programa Balanço Geral CE, na TV Cidade, possui armas de fogo na residência.

O jornalista e apresentador falou sobre o caso nas suas redes sociais. “Nem sem como agradecer tanta mensagem linda de tanta gente que recebi hoje depois desse pedido de ‘prisão’ da Luísa Mell contra mim. Obrigado pelo apoio de cada um de vocês! Isso me dá uma força fora do comum. Obrigado mesmo“, agradeceu o contratado da TV Cidade em sua conta no Twitter.