Fechar
BBB

Após se arrepender de cirurgia, ex-BBB mostra cicatrizes

A ex-BBB Amanda Djehdian compartilhou imagens das cicatrizes por conta da cirurgia das próteses de silicone

Augusto ViannaRepórter do EM OFF

A ex-participante do Big Brother Brasil Amanda Djehdian realizou a cirurgia de explante, ou seja, retirada das próteses de silicone no final do ano passado. No último domingo (5), ela voltou ao assunto e contou sobre como lidar com as cicatrizes que permanecem até hoje após o procedimento cirúrgico. Segundo ela, foi um ato de libertação em poder estar bem com o próprio corpo. 

Amanda compartilhou as imagens das cicatrizes nos seios e escreveu: “Um assunto que achei que era mais curiosidade que problema…CICATRIZES! Quando fiz o explante, recebi milhares de mensagens, a maioria eram sobre o desconhecimento dos problemas que o silicone traz para nosso organismo, e na sequência eram a “curiosidade” sobre como as cicatrizes nos meus seios estavam, iriam ficar e etc… Mas esse assunto parece ser um problema maior que a saúde dessas mulheres!”.

Ela ainda diz sobre como é ter as marcas, mesmo depois que retirou as protéses. “Quando coloquei o silicone NUNCA me perguntaram sobre as cicatrizes, a ÚNICA pergunta era: deixa eu ver como ficou seu silicone! E detalhe as mesmas cicatrizes que tenho hoje sem silicone, tinha com o silicone  a questão é: por que é ok ter cicatrizes com silicone e um horror ter elas sem o silicone?!? O que muda?” , continua Amanda.

A ex-BBB ainda revela que colocou silicone para agradar aos outros. “São comentários que recebo de mulheres, muitas preferem continuar com dor, intoxicação mas não ter cicatrizes? Detalhe que pra colocar silicone você fica com cicatrizes, mas você não acha que vai ficar feia! Eu quando coloquei o silicone foi mais para agradar os outros que a mim! Hoje a única coisa que me importa é minha saúde, vida, e não o que qualquer pessoa vai achar!”, explica ela.

Continua após a publicidade

Lidar com as marcas, hoje em dia, não é mais um problema para a ex-BBB Amanda. “Recebi centenas de comentários que estava linda, e de fato é assim que me sinto desde que tirei o silicone, voltei a me reconhecer, me acho maravilhosa, e as cicatrizes estão ali, e só lembro delas quando me perguntam, não mudam em absolutamente nada, fazem parte da minha história, como minhas tatuagens!”, pondera.

Amanda conta sobre a pressão pela beleza que as mulheres sofrem, e diz:  “Enquanto essa pressão pela ‘beleza’ que sofremos falar mais alto que sua vida, isso será um problema, se aceitar não é um problema, ter marcas, não é um problema, o problema é você se machucar, sofrer, adoecer, para tentar se encontrar, enquanto não cuidarmos na nossa cabeça, e coração, nada vai preencher esse vazio!”.

E sobre a sequência de fotos compartilhadas no Instagram, Amanda só tem a agradecer e enxerga isso como incentivo às mulheres. “São comentários lindos, e são esses comentários que me apego diariamente, incentive uma mulher, ajude uma mulher, dê a mão a uma mulher, mostre as qualidades dessa mulher, seja para outra mulher, o que você quer ser”, finaliza.

Em março deste ano, a ex-BBB completou três meses da retirada do implante e comemorou a data com um texto, também ilustrado por cicatrizes. “Cicatriz. No dicionário significa: Tecido fibroso que se forma ao longo do processo de cicatrização e que substitui os tecidos normais lesados ou seccionados, deixando uma marca. Para mim, cicatrizes nunca foram um problema, nunca me incomodei, tenho cicatrizes pelo corpo todo, umas porque era arteira demais quando criança, outras porque precisei por saúde, outras…”, disse ela na época.

Tem alguma foto? print? vídeo? ou áudio de alguma fofoca? envie um e-mail para contato@portalemoff.com.br sua identidade será mantida no mais absoluto sigilo