Fechar
Trauma

Após suposto abuso médico durante parto, assessoria de Shantal se pronuncia

A assessoria de Shantal Verdelho informou que a influenciadora não está preparada para falar sobre o caso do suposto abuso médico que sofreu

Aline TorresRepórter do EM OFF

Em mais um episódio sobre o suposto abuso médico que sofreu durante o parto, Shantal Verdelho afirmou, por meio de sua assessoria, que não está em condições de falar sobre o episódio, pelo menos por enquanto. A influenciadora se afastou durante um dia das atividades que faz rotineiramente, fazendo publicidade e mostrando a rotina da família que possui ao lado do marido Mateus Verdelho.

Na nota divulgada nas redes sociais da Sollare Assessoria, a equipe da influenciadora afirma que, por ela estar com uma bebê recém-nascida, a pequena Domenica, fruto do relacionamento com o ex-A Fazenda, ela prefere não se posicionar. Ainda de acordo com a mensagem, Shantal pede que não ataquem o médico Renato Kalil, ginecologista e obstetra responsável pelo parto da modelo.

“A influenciadora e empresária Shantal Buonamici Verdelho informa que no dia de hoje se afastará das redes para estar em família. Após toda repercussão do caso, e por estar com uma bebê recém nascida Shantal não está confortável em se pronunciar no momento. Ainda, a influenciadora solicita que não sejam realizados ataques à terceiros pois se solidariza com as famílias, sempre! Por fim, agradece a compreensão, o carinho e apoio de todos”, diz a nota.

Entenda

Um áudio circulou nas redes sociais no dia em que Shantal Verdelho deu à luz a pequena Domenica chamou a atenção. Na gravação, fãs apontaram um suposto abuso médico feito pelo doutor queridinho das famosas, o ginecologista e obstetra Renato Kalil. No áudio, o médico soltou alguns palavrões e disse coisas inconvenientes e desnecessárias para o marido da influenciadora, Mateus Verdelho.

Continua após a publicidade

Em um dos momentos, o médico pede que Shantal faça força, usando alguns palavrões. A influenciadora então responde: “Eu estou fazendo. Eu sou a maior interessada nisso”. Na época do parto, Shantal e Mateus Verdelho decidiram registrar todos os momentos desse momento importante. Após 48 horas de trabalho de parto, a modelo deu à luz a pequena Domenica.

Em resposta ao Yahoo, ao ser questionada sobre o áudio, Shantal disse que preferiria não falar sobre o ocorrido naquele momento, por não estar preparada para relembrar o caso. Além disso, ela afirmou que o áudio foi repassado para pessoas íntimas, mas que acabou vazando: “O áudio era para um um grupo íntimo de amigas e vazou”, disse.

Ainda no áudio, a modelo fala sobre o abuso que sofreu do médico: “Ele fez de propósito. Descobri que ele falou da minha vagina, que ela vai ficar arregaçada (sic). Se não tiver episotomia, você vai ficar igual. Ele quebrou o sigilo médico”, disse indignada. “Simplesmente quando a gente assistia ao vídeo do parto, ele me xinga o tempo inteiro”, continuou.

A modelo afirmou que o médico chegou a “rasgá-la” com as próprias mãos. O médico Renato Kalil decidiu suspender seus perfis nas redes sociais com a repercussão negativa do áudio em que vitimiza Shantal durante o parto. Para o Yahoo, a equipe de assessoria do médico enviou nota de pronunciamento sobre o caso:

O dr. Renato Kalil é médico obstreta ginecologista há 36 anos, sendo um dos médicos mais reconhecidos do Brasil. Ao longo de sua carreira, já efetuou mais de 10 mil partos, sem nenhuma reclamação ou incidente. O parto da sra. Shantal aconteceu sem qualquer intercorrência e foi elogiado por ela em suas redes sociais durante trinta dias após o parto“, diz o primeiro trecho da nota.

Surpreendentemente, o dr. Renato Kalil começou a receber nos últimos dias ataques com base em um vídeo editado, com conteúdo retirado de contexto. A íntegra do vídeo mostra que não há nenhuma irregularidade ou postura inapropriada durante o procedimento. Ataques à sua reputação serão objeto de providências jurídicas, com a análise do vídeo na íntegra”.