Eita!

Ariadna Arantes tem foto censurada em rede social e aponta perseguição

A influenciadora digital acredita numa possível perseguição por parte dos críticos

Lucas Cardoso
Repórter do EM OFF

A ex-BBB e candidata a Deputada Federal de São Paulo, Ariadna Arantes, usou seu perfil oficial do Twitter para criticar as diretrizes da plataforma de fotos e vídeos, Instagram. Segundo Ariadna, a plataforma removeu uma foto postada recentemente com a justificativa de que a influenciadora teria violado as diretrizes de comunidade da plataforma.

Na foto em questão, Ariadna está debruçada em uma pedra na cachoeira, e achou estranho o fato da foto ter sido removida, já que não se trata de um conteúdo explícito. “Publiquei essa foto. Onde não aparece bunda não aparece peito. Estou apenas debruçada em uma pedra na cachoeira”, iniciou.

Sem entrar em muitos detalhes, a candidata a Deputada Federal apontou uma possível perseguição. “Tinha feito um ensaio e em cada ensaio falei de uma Deusa. Nessa foto fiz um texto lindo falando sobre Oxum. Simplesmente aconteceu isso. Não parece perseguição?”, concluiu ela.

Nos comentários, Ariadna recebeu apoio dos internautas. “Não parece. É [perseguição]”, afirmou um internauta que acredita que a ex-BBB esteja sendo denunciada por haters. “A foto é linda. A remoção é um absurdo!”, comentou outra. “Alguém que te segue está te boicotando”, sugeriu outro internauta. Apesar de ter amado o registro, Ariadna decidiu não republicar a foto para evitar a suspensão temporária ou permanente de sua conta no Instagram, que acumula mais de 1 milhão de seguidores.