Fechar
Fraude

Artistas são vítimas de falso agenciamento artístico

O site Bumerangue cadastrou mais de 60 artistas entre cantores e atores de forma ilegal, fingindo que os representava

Aline TorresRepórter do EM OFF

O site Bumerangue cadastrou mais de 60 artistas brasileiros entre cantores e atores de forma ilegal, fingindo que os representava como agenciamento artístico. Nomes como Bruno Gissoni, Luan Santana, Ingrid Guimarães e Gusttavo Lima estão entre os artistas lesados.

Segundo o jornalista Alessandro Lo-Bianco, a empresa citada aparece na internet como a maior e mais antiga empresa do ramo de agenciamento artístico. No site, eles informam que a organização está funcionando há 30 anos e colocou até telefones para quem quisesse fechar negócio com um dos artistas “agenciados”.

Lo-Bianco afirma que muitos dos artistas que estavam cadastrados no site, na verdade, são agenciados por outras empresas, já que tem contato com essas agências. Ele entrou em contato com as agências que já conhece e foi confirmada a informação inverídica do site Bumerangue.

O jornalista ainda afirmou que o ator Hugo Bonemer foi um dos artistas que fez um boletim de ocorrência para identificar os responsáveis pelo site, já que ele quase perdeu trabalhos por ter seu perfil exposto no casting da empresa falsa.

Segundo o B.O. feito por Bonemer, a polícia não conseguiu intimar os responsáveis, pois os telefones e endereços cadastrados não são verdadeiros.

O casal Giovanna Ewbank e Bruno Gagliasso também está na lista da Bumerangue, porém, quem agencia os dois é a empresa “Twogether” que em nota afirmou que “Bruno e Giovanna são artistas exclusivos da ‘Twogether’ há mais de 15 anos e nenhuma outra empresa é autorizada a agenciar ou vender qualquer tipo de trabalho com os dois. Todos os negócios relativos aos artistas são fechados exclusivamente com a agenciadora”.

Artistas como Tico Santa Cruz, Luan Santana, Roupa Nova, Ingrid Guimarães e Gustavo Lima também negaram que tenham algum vínculo com a empresa. A Bumerangue foi procurada para comentar o assunto, porém, ninguém foi encontrado.

Tem alguma foto? print? vídeo? ou áudio de alguma fofoca? envie um e-mail para contato@portalemoff.com.br sua identidade será mantida no mais absoluto sigilo