Fechar
Eita!

Ator de Chiquititas processa ex-esposa após ser inocentado de acusação

Ator foi inocentado do crime de violência doméstica

Aline TorresRepórter do EM OFF

João Gabriel Vasconcellos irá entrar com ação contar a ex-esposa Jéssica Arones após ela o ter acusado de agressão física. O ator levantará as acusações de fraude e denunciação caluniosa após ser inocentado do crime de violência doméstica.

Segundo o UOL, os advogados do personagem Armando de Chiquititas (2013), estão levantando uma petição para poder registrar a queixa na Justiça. A equipe do ator já recolheu documentos, fotos e dados periciais que podem comprar que o ator foi vítima de manipulações.

A defesa de João Gabriel traz a possibilidade de que o corpo de delito de Jéssica foi adulterado e que por isso, a prova não foi aceita pelo promotor de justiça e também que há um boletim de ocorrência de “nada consta” da Polícia Militar registrado no dia da discussão do ex casal e ainda há comprovação do laudo pericial, que Jéssica “o gravava e editava os áudios de acordo com seus próprios interesses”.

Imagens do circuito de segurança foram anexadas para comprovar a versão do ator nos autos do processo. Nos vídeos recuperados, não consta o machucado no braço de Jéssica, como ela havia alegado na acusação.

O ator disse que toda a situação causou um grande prejuizo profissional e emocionalmente para ele: “Não só a minha vida, como a da minha família, foi devastada. Qualquer um pode ser acusado injustamente. Para isso, serve a Justiça. Para investigar e julgar. Justiça foi feita. Eu consegui provar que sou inocente. Chegou a hora de mostrar a realidade dos fatos, a verdade”, comentou.

Jéssica emitiu uma nota para o UOL dando a sua versão dos fatos:

“O meu intuito nunca foi expor. Nunca o expus, nunca falei quem era. Eu sempre usei da minha história como uma experiência para eu poder ajudar outras pessoas. Ele pouco me importa, eu nunca falei quem ele era porque isso não faz diferença quando eu estou querendo ajudar outras pessoas. Quem associou o caso com o nome dele foi a opinião pública. Em nenhum momento, eu falei que foi ele. Nunca falei nada, nunca divulguei e nem repostei dizendo que foi ele”.