Fechar
após BBB20

Bruna Marquezine guarda mágoa de Boninho e motivo vem à tona

Bruna Marquezine resolveu expor que é bloqueada por Boninho nas redes sociais desde sua torcida por Manu Gavassi no BBB20

Aline TorresRepórter do EM OFF

Na madrugada deste sábado (08), Bruna Marquezine participou de uma live no Twitter do “Space do Muka” e fez uma declaração que deixou os que assistiam e fãs da atriz chocados. A artista revelou que Boninho a bloqueou das redes sociais após as manifestações dela para o diretor durante a edição 20 do “Big Brother Brasil”.

Ao ser questionada se a atriz já teria recebido um convite para participar de um reality show, Bruna resolveu expor o suposto desafeto que o Big Boss tem por ela: “Não. Tenho minhas dúvidas se o Boninho gosta de mim, viu. Porque, no caso, eu sou bloqueada. Uma galera é, ne…”, disse na entrevista e continuou: “Se tivesse Orkut, a gente ia ter essa comunidade: Sou bloqueada pelo Boninho”, brincou.

Para quem não sabe ou não lembra, durante o BBB20, Bruna Marquezine foi uma figura que teve papel fundamental para o debate entre torcidas naquela ocasião. Uma das melhores amigas de Manu Gavassi, participante do “Camarote” que dividia opiniões, a ex-namorada de Neymar teve grande importância para que a cantora chegasse na final daquela edição.

Nova Supergirl?

Apesar de presença constante nas redes sociais, Bruna Maquezine não costuma dar entrevistas. No entanto, participou recentemente de um episódio do podcast “Mamilos” e lá, a atriz contou sobre alguns fatos de sua vida particular. O que mais chamou atenção foi o trecho em que a artista afirma que participou dos testes para o papel de Supergirl do novo filme da DC Comics, “The Flash”.

Continua após a publicidade

Internautas ficaram felizes que a atriz não conseguiu o papel, inclusive, alguns usaram a situação de Bruna ter dito que chegou ao “quase” e fizeram piadas: “E eu quase fui o Batman”, disse um internauta. “Ainda bem que não é da Marvel”, zombou outra pessoa. “Olha que coincidência, eu quase ganhei ma Mega Sena. Faltou apenas fazer a aposta”, disse outro usuário do Instagram.

Durante a entrevista, a atriz revelou que conseguiu ficar em segundo lugar. Devido a pandemia do novo coronavírus, Bruna não conseguiu se deslocar para Londres, onde estavam sendo realizados os testes finais para o longa. A ex-namorada de Enzo Celulari também afirmou que chegou a fazer um teste de compatibilidade com o ator Ezra Miller, que interpreta o herói que é homônimo ao longa-metragem.

Bruna revelou que estava em uma pausa nas gravações da série “Maldivas”, que ainda irá estrear no serviço de streamig, Netflix. A atriz aproveitou o intervalo para tentar alçar novos voos e dessa vez, em terras internacionais. Ao todo, 60 atrizes concorreram ao papel e apenas uma brasileira conseguiu chegar nas finais, Bruna Marquezine. Ao falar sobre a experiência, a artista ficou emocionada.

“A gente ficou muito feliz com essa oportunidade. Fiquei radiante. Mas se tem uma coisa que odeio nesse mundo é teste. A pessoa que sofre da síndrome de impostora odeia ser testada”, disse a atriz, aproveitando para fazer um paralelo com o tema abordado no episódio do dia no podcast, que no caso foi a síndrome da impostora. Ao falar sobre a língua inglesa e as dificuldade que isso imporia no papel, Bruna disse que a equipe dos testes permitiu que ela tivesse sotaque:

“Estudei três anos em uma escola americana onde minha primeira língua era o inglês. Aprimorei muito meu inglês nessa escola. Mesmo assim, eu sempre disse pras pessoas que eu não falava inglês. Só pra fazer o teste, liguei pra duas professoras americanas diferentes que tenho, uma de sotaque, outra de interpretação”, relatou a atriz que ganhou fama no Brasil fazendo novelas ainda pequena.

Bruna continou contando sobre a oportunidade de ter concorrido com atrizes que ela já conhecia os trabalhos e que as considerava melhores que ela mesma. “Soube de alguns nomes de atrizes que admiro profundamente e que sempre considerei serem artistas muito melhores, muito mais capacitadas do que eu, com mais bagagem. Eu fui a única brasileira aprovada. Fui pro top 5, fui pro Top 2”, contou.

“Obviamente vocês já entenderam que eu não peguei o papel, mas quando eu terminei esse teste, lembro que terminei aos prantos e falei: ‘tenho orgulho de mim nesse momento. Não importa a resposta porque tenho orgulho do que fiz nesse teste’‘, contou ainda e em seguida falou sobre não ter conseguido chegar a Londres: “Eu não tinha como ir pra Londres. Tentaram de todas as formas possíveis”. Quem conseguiu o papel foi a atriz Sasha Calle.