Fechar
Entenda

Brunna Gonçalves se induzia ao vômito para não pagar multas por engordar

A ex-BBB revelou como foi passar por um transtorno alimentar em certo momento da sua vida

Nayara VieiraRepórter do EM OFF

Durante sua participação no PodDelas, ao vivo no Youtube, Brunna Gonçalves revelou como foi passar por um transtorno alimentar em certo momento da sua vida. Quando foi demitida do balé de Ludmilla, ela voltou a trabalhar no circo, em 2016. Ela atuava como bailarina do famoso circo Ringling Bros, nos Estados Unidos. No entanto, o ano em que ficou lá foi conturbado.

Conversando com Tatá e Bruna Unzueta, ela contou que foi uma época difícil em que estava lutando contra a  balança. Depois de meses no exterior, ela acabou engordando 18 quilos e seu contratante exigiu que ela emagrecesse. “Eu tive vários distúrbios alimentares, eu comia muito. Não sei o porquê, não estava triste de estar lá”, relembrou.

“Eu me olhava no espelho e não me via… E eu fui chamada atenção, porque bailarina tem aquela coisa né [de ser magra], não deveria, mas fui contratada assim. Daí minha capitã me chamou no canto e falou ‘ta acontecendo isso… A equipe do circo já veio me chamar atenção, você esta engordando’. Ela me mostrou um vídeo dançando e eu falei ‘eu to assim?’”, contou.

Eu tinha que me pesar toda semana, se eu engordasse uma grama eu tinha que pagar acho que cem dólares de multa”, relatou. Na sequência, Brunna revelou que sofria bulimia. “Não gosto nem de falar essas coisas, porque dá gatilho em muita gente… Eu comia e fazia aquelas coisa que não gosto nem de falar. Aquilo foi me fazendo muito mal, não podia engordar uma grama”, contou.

Continua após a publicidade

Bruna Unzueta questionou se Brunna estava ciente dessa regra de pagar multas caso ela ganhasse peso. “Já tinha essa regra, mas nunca tive problema. Na primeira vez que eu fui, nunca tive esse problema. á no circo tinha a marca do peso todo mês pra todo mundo do circo. Toda semana com medo de engordar, pensa. Minha cabeça foi ficando muito louca e eu falei ‘quero ir embora’, relembrou ela.

Brunna contou que entrava em sites para buscar dietas mirabolantes para emagrecer e chegou a entrar no programa de emagrecimento de Maíra Cardi. “Era muito doido. Eu até entrei no grupo da Maíra Cardi, mas não consegui ficar muito tempo. Mas com comida era zero dedicação, ainda mais nos Estados Unidos”, disse.

Apesar de exigirem que ela se mantivesse magra, a empresa não dava suporte nutricional. “Eu gostava de comer até passar mal. Lá eu queria comer tudo, não conseguia comer um biscoitinho… Aí fiquei um ano e tal, mas não consegui juntar dinheiro o suficiente”, revelou. Depois disso, ela voltou ao Brasil e conseguiu ser contratada novamente no balé de Ludmilla.