Fechar
Sequestro

Cabeção de ‘Malhação’ é encontrado em cárcere privado em clínica

O ator Sérgio Hondjakoff foi encontrado em cárcere privado em clínica de reabilitação no interior de São Paulo

Aline TorresRepórter do EM OFF

Uma clínica em Pindamonhangaba, interior de São Paulo, foi fechada em uma ação realizada pelo Ministério Público depois que 46 pacientes foram flagrados mantidos em cárcere privado. Uma dessas pessoas era o ator Sérgio Hondjakoff, conhecido por interpretar o Cabeção de “Malhação”, da TV Globo.

O ator de 37 anos estava internado na clínica no intuito de se recuperar da dependência química. O local, que recebia pacientes com vício em drogas, foi denunciado por cárcere privado. O Ministério Público interveio e tornou a clínica alvo de uma operação, que como resultado, encontrou o ator e mais 45 pessoas em situação de sequestro.

Segundo o G1, os pacientes estavam sendo mantidos dentro de quartos trancados e não tinham acesso às chaves. Essas pessoas ainda informaram que o pouco contato que tinham com a família era controlado e monitorado pelos donos do local. Além disso, os policiais encontraram remédios controlados que exigiam receita médica, mas que não havia receita nenhuma.

Para garantir a vacina contra o Covid-19, os internos tiveram que pagar uma quantia para os donos do local, sendo que o imunizante é ofertado pelo Sistema Único de Saúde (SUS). Os responsáveis pelo local deverão responder por sequestro, segundo a polícia. Os pacientes foram encaminhadas para outras clínicas de reabilitação ou clínicas psiquiátricas após realizarem entrevista com assistentes sociais.

Continua após a publicidade

Ainda segundo o G1, o nome de Sérgio não estava na lista de pacientes e a polícia não informou há quanto tempo ele estaria em cárcere privado. A família do ator foi contactada e enquanto eles não chegavam para buscá-lo, ele era assistido pela assistência social. Ainda não há informações sobre as condições atuais do ator.

Sérgio esteve presente seis anos em malhação como Arthur Malta, o famoso Cabeção, de 2000 a 2006. Um dos últimos trabalhos do ator foi o filme de 2020, “Rocinha: Toda História tem Dois Lados”, da diretora Rayssa Castro. O filme mostra a tentativa de invasão da comunidade da Rocinha dentro de uma guerra travada entre dois grupos rivais.

Em 2018, o interprete de Cabeção, que estava morando em Resende, fez uma série de postagens em seus stories reclamando da violência no Rio de Janeiro e até xingou criminosos. Em seguida, ele abriu uma enquete no Instagram, questionando os seguidores se ele deveria virar policial militar ou não.

A última postagem dele nas redes sociais foi há dez semanas, na qual ele faz uma homenagem ao também ator Cauã Reymond. O ator, que começou a carreira com quatro anos, tem uma filha de pouco mais de um ano. Cabeção é considerado um dos personagens mais marcantes da série juvenil da TV Globo.

Atualização

Sérgio Hondjakoff fez uma postagem em seu perfil do Instagram e esclareceu que, na verdade, está em Resende com a avó que é bem idosa, que não estava em clínica de reabilitação, muito menos em cárcere privado. Veja o vídeo a seguir:

Tem alguma foto? print? vídeo? ou áudio de alguma fofoca? envie um e-mail para contato@portalemoff.com.br sua identidade será mantida no mais absoluto sigilo