Deu ruim!

Caio Castro entra na justiça contra restaurante que se aproveitou de polêmica para marketing

O ator não gostou nem um pouco de ter seu nome vinculado à uma ação de marketing que usou sua polêmica para lucrar

Lucas Cardoso
Repórter do EM OFF

A história envolvendo o ator Caio Castro e sua declaração um tanto quanto polêmica em uma entrevista recente, onde afirmou que detestava ter a obrigação de ter que pagar a conta do restaurante para suas companheiras, ganhou um novo capítulo nesta segunda-feira (1). Depois de ser altamente criticado na web, e até mesmo ter se tornado meme por conta de suas falas, o ator decidiu dar um basta nos restaurantes que estão se aproveitando da situação para lucrar em cima.

Por meio das redes sociais, Caio Castro fez questão de deixar claro para o dono de um dos restaurantes que usavam sua imagem como divulgação do estabelecimento, que irá processá-lo. “O marketing de milhões acompanhado de uma notificação judicial por uso indevido de imagem, promoção da semana”, declarou o ator nos comentários do restaurante.

Na publicação em questão, o restaurante usou uma foto do ator sem autorização, além da seguinte frase para divulgar seus produtos: “Está tão barato que até o Caio Castro vai pagar!”. Depois da publicação viralizar nas redes sociais e chegar até o ator, o restaurante deletou a publicação para evitar maiores prejuízos.

Entretanto, mesmo com toda a repercussão negativa em torno de suas declarações, Caio Castro irá usar a polêmica à seu favor e lucrar em cima disso. Segundo o jornalista Matheus Baldi, o ator fechou um acordo de publicidade com uma marca famosa de benefícios para restaurantes, em que os clientes poderão comer dois pratos no estabelecimento de sua preferência, e pagar pelo preço de um. O ator ainda não se pronunciou oficialmente sobre a estratégia de marketing, no entanto, a notícia já repercutiu nos quatros cantos da internet.

Nos comentários da notícia, o ator foi aplaudido pela estratégia de marketing. “Marketing puro!!!! Super inteligente ele viralizar campanha. Mostra como o marketing viral pode ser aproveitado em várias oportunidades”, comentou o criador de conteúdo digital, Helinho Calfat.

Entretanto, também teve gente que achou um absurdo o rapaz estar ganhando uma grana alta em cima de uma fala polêmica. “Ainda vai ganhar mais dinheiro com a fala… É, a água corre pro mar mesmo!”, criticou uma internauta. “É só pobre mesmo que se mete em polêmica e sai perdendo [emoji de risadas]”, brincou outra internauta.