Fechar
Entenda

Cantor com nome de Zé Vaqueiro volta atrás e desiste de briga

Existia uma briga na Justiça pelo nome artístico

Nayara VieiraRepórter do EM OFF

Sucesso com vários hits no topo dos streamings, José Jacson de Siqueira dos Santos Júnior, o Zé Vaqueiro, se tornou um dos maiores artistas com a vaquejada neste último ano. Porém, até então existia uma briga na Justiça pelo nome artístico, pois segundo Wesley dos Santos Vieira, ele era o “original”. 

Por causa do sucesso do Zé Vaqueiro famoso, Wesley precisou mudar seu nome artístico para Zé Estilizado. A disputa pelo nome acontecia no Instituto Nacional de Propriedade Intelectual (INPI), todavia, o músico desistiu da ação. Segundo informações do site G1, ele disse ter sido traído pela empresa de Xand Avião, a Vybbe.

A empresa de Xandy nega que esse acordo tenha acontecido. Por coincidência, José Jacson começou a fazer sucesso com uma música do Zé Estilizado, a “Vem Me Amar”. A confusão era comum para saber quem era quem. Antes de José explodir como o Zé Vaqueiro, as músicas o Spotify ficavam juntas. 

Segundo a Vybbe, não existiu acordo com Wesley. “Não tem nenhum acordo ou negociação dessa natureza com Wesley dos Santos Vieira. A marca Zé Vaqueiro é corretamente registrada e reconhecida pelo INPI (Instituto Nacional de Propriedade Inletectual), inclusive com variantes e em várias classes.”, afirmou.

Continua após a publicidade

Zé Vaqueiro fala em polêmica com a mãe

O cantor Zé Vaqueiro se casou recentemente com Ingra Soares, mas chamou a atenção o fato do artista não ter convidado sua mãe para a festa. Depois de ser muito criticado, ele usou seu Instagram para desabafar, mas não citou o nome da mãe, Nara de Sá Marcolino. Ela quem revelou que não foi chamada para a cerimônia.

Sonhei, lutei, acreditei e tive muita fé que Deus lá de cima esteve sempre me guardando e me livrando de tudo que for de ruim. Abdiquei de muitas coisas, fiz as escolhas certas e uma delas foi ter escolhido você para compartilhar minha vida, meus momentos e criar uma família ao seu lado”, começou ele, mas destacou que “num tudo foi perfeito”.

“A gente deseja que seja tudo perfeito, mas conto de fadas só existe nos desenhos quando criança. Temos que viver a vida, passar pelas dificuldades, encarar os ciclos que a vida nos dá e sempre no final olhar para o lado e saber que aquela pessoa estará lá, com os olhos brilhando, te olhando e não te deixando só, na alegria e na tristeza, na saúde na doença, na riqueza e na pobreza. Já passamos por muita coisa até aqui e ainda passaremos por muito mais, mas até o último dia da minha vida te amarei com todas as minhas forças!”, afirmou.

Você usa TELEGRAM? Então entre no nosso canal e receba nossas notícias no seu celular.
Basta clicar aqui -> https://t.me/portalemoff

Tags Relacionadas: