Fechar
De Volta

Carlos Alberto de Nóbrega diz que sentiu medo de cirurgia no coração

O comandante do programa “A Praça é Nossa” revelou os momentos de tensão vividos desde a internação até receber alta hospitalar

Bruno PintoRepórter do EM OFF

Carlos Alberto de Nóbrega deu um grande susto em seus fãs e familiares ao ser divulgada a informação de que o apresentador precisou ser internado na última quarta-feira (20). Após sentir sintomas preocupantes, o apresentador foi levado às pressas para o Hospital Sírio Libanês, localizado em São Paulo. Após a realização de alguns exames, foi diagnosticado com uma arritmia cardíaca, sendo necessário passar por um cateterismo.

Depois de quase uma semana internado e todos os procedimentos necessários realizados, o humorista recebeu alta hospitalar nesta segunda-feira (26). Completamente recuperado, aparentemente bem disposto e pronto para retomar às gravações do humorístico “A Praça é Nossa”, Carlos Alberto participou do programa “Vem Pra Cá” e contou detalhes dos momentos de medo que passou durante o período de internação e realização de procedimentos.

Na manhã desta terça-feira (26), o apresentador do SBT foi o convidado da revista eletrônica e falou tudo sobre o seu problema, de como começaram o sintomas até a alta do hospital. O humorista começou a conversa elogiando o programa apresentado por Gabriel Cartolano e Patrícia Abravanel e aproveitou para dizer que sempre assiste a atração matinal por ser algo que foge dos noticiários “pesados” exibidos por outras emissoras de TV.

Carlos Alberto contou como tudo começou. Segundo ele, sentiu uma forte tontura e depois ficou mal: “Na segunda-feira (18), eu estava assistindo um programa de esportes. Era, mais ou menos, meia noite… uma hora e a Renta [esposa] já estava dormindo. Ela se levantou para beber água e eu disse: ‘Deixa que eu vou buscar’. Quando eu desci, senti uma tontura, uma tontura diferente. Eu peguei a água e fui subindo meio ruim”.

Continua após a publicidade

O humorista disse que ao verificar seus batimentos cardíaco sua mulher correu com ele para o hospital: “Eu me deitei e não falei nada pra ela. Não sei o que meu na cabeça, de pegar um aparelhinho [oxímetro], que meu médico pediu para eu usar durante os meus exercícios. Quando eu botei, eu disse que estava errado, porque estava 28 batimentos [cardíacos]. Eu disse: Renata, vê aqui pra mim… A Renata levou um susto e fomos imediatamente para o pronto-socorro”.

O comandante do programa “A Praça é Nossa” disse que, durante a madrugada mesmo, realizou uma série de exames e deu início ao tratamento: “Quando eles fizeram um eletrocardiograma o médico disse: ‘Vamos já para o Sírio [Libanês]. Quando eu cheguei lá, às duas da manhã, já estava tudo preparado. Eu fiquei na semi-intensiva e comecei a fazer o tratamento e uma série de exames”.

O ex-marido de Andréa de Nóbrega contou que ainda convive com algumas sequelas ocasionas pela Covid-19: “Ainda estou respirando com dificuldade, minha memória foi pro espaço, a visão piorou”. Ele revelou que sentiu medo de descobrir um problema maior: “Eu estou com uma miocardiopatia. Quando eu cheguei no hospital sabendo que eu tinha uma equipe que me conhece há vinte anos, eu fiquei tranquilo. Mas, eu tive medo do resultado do cateterismo, porque desde 2014 eu tenho um problema e fiquei preocupado com esse cateterismo, realmente eu fiquei”.

O humorista de 85 anos contou que a partir do momento em que começou a se relacionar com a sua atual esposa, sua alimentação mudou da água para o vinho: “Nesses cinco anos que nós nos conhecemos [esposa], eu mudei muita coisa, deixei de comer coisas que comia muito. Eu comia muita feijoada, muita carne, tomava refrigerante exageradamente… Eu melhorei muito mais a minha saúde”.

Perguntado quando iria retornar ao trabalho, Carlos Alberto foi direto ao assunto e respondeu: “Amanhã! Amanhã eu já gravo. Já está tudo certo. Eu ia gravar o programa na segunda-feira, que era o primeiro programa de janeiro, daí eu cancelei. Eu gosto tanto do meu trabalho e isso me ajuda muito. Vocês podem não acreditar, mas eu cheguei ontem, às 14h, e meia hora depois eu estava fazendo a redação final do programa da outra semana”.

Você usa TELEGRAM? Então entre no nosso canal e receba nossas notícias no seu celular.
Basta clicar aqui -> https://t.me/portalemoff