Fechar
ACEITAÇÃO!

Carmo Dalla Vecchia fala sobre se assumir gay: ‘Queria fazer há muito tempo’

O ator se assumiu em rede nacional e falou que hoje entende que essa é sua luta

Jean TellesRepórter do EM OFF

O ator Carmo Dalla Vecchia falou sobre ter se assumido gay publicamente em rede nacional durante sua participação no “Super Dança dos Famosos” do último domingo (11). Mesmo não tendo conseguido uma vaga na repescagem no quadro de dança, Dalla Vecchia se sentiu realizado por falar sobre aceitação e sexualidade.

Essa foi considerada a primeira vez que o ator falou abertamente sobre o assunto em rede nacional. A revelação sobre sua sexualidade aconteceu quando o ator comentou sobre a música que ia dançar com sua dupla na competição “We Are Family”, de Sister Sledge.

“É uma música que fala basicamente sobre sororidade, sobre empatia, sobre família e eu pessoalmente, agora gostaria de fazer uma homenagem muito grande a minha família e declarar o meu amor ao meu filho Pedro, e ao meu marido, João”, se declarou Carmo.

“Eu fiz um discurso que eu acho que era uma coisa que eu já queria fazer há muito tempo, mas precisou de um período de amadurecimento meu. Achei que foi a hora certa”, revelou o artista em entrevista ao portal Gshow. Em seguida, Carmo Dalla Vecchia falou sobre representatividade e a importância de falar abertamente sobre sexualidade para ajudar outras pessoas:

“O que talvez eu tenha tentado fazer no palco foi falar de uma realidade que consiga de uma maneira, mostrando um cara como eu, um cara que é superfeliz, um cara que tem uma profissão”, disse.

“Um cara que é extremamente privilegiado na vida, falando de uma característica dele que não sei nem se tem tanta importância assim, mas que acho que nesse momento tem importância para as pessoas questionarem as suas ideias”, ressaltou o famoso.

O ator ainda falou que acredita que seu discurso faz parte de um compromisso que tem por ser artista: “Eu acho que a função de todo artista é essa. Não consigo enxergar um artista como se não tivesse uma missão no seu trabalho“, disse Carmo Dalla Vecchia

“Se você não tem a vontade, o desejo, de tocar o coração do outro para causar mudanças lá dentro, para que ele seja melhor e para que eu tenha a chance de ser melhor também, então é melhor escolher outra profissão. “Eu acho que cada um de nós escolhe uma luta, talvez a minha seja essa”, disse.

Tem alguma foto? print? vídeo? ou áudio de alguma fofoca? envie um e-mail para contato@portalemoff.com.br sua identidade será mantida no mais absoluto sigilo