Fechar
ARREPENDIDA

Carol Narizinho volta atrás após polêmica: ‘Nem Bolsonaro e nem Lula’

Carol Narizinho polemizou após criticar a Globo e reclamar que a emissora fala mal apenas de Jair Bolsonaro e defende Lula

Adriel MarquesRepórter do EM OFF

Carol Narizinho, ex-participante de A Fazenda 12 (Record) e ex-assistente de palco e repórter do Programa Pânico, resolveu se pronunciar após a polêmica envolvendo Jair Messias Bolsonaro e a Globo nas redes sociais, se tornando um dos assuntos mais comentados da web.

Narizinho confundiu a palavra parcial com imparcial e virou piada na internet. Por meio do seu perfil no Instagram, a famosa falou mal do jornalismo da Globo após o ocorrido envolvendo o presidente e a jornalista da emissora.

“Errado ele está, mas verdades ele falou né? Acho o jornalismo da Globo extremamente imparcial. Só vejo eles defenderem o Lula e tacarem o pau no Bolsonaro”, disparou Carol Narizinho em comentário do Instagram. O influenciador digital Álvaro chegou a debochar da situação: “Amiga gostava mais quando você estava na Fazenda [reality] sem celular”.

Diversos famosos e anônimos não gostaram da resposta da ex-peoa e rebateram Carol Narizinho. Com a repercussão negativa, a loira precisou aparecer nos Stories e dizer que não é a favor do atual presidente: “Eu quero esclarecer bem que eu não sou nem a favor do Bolsonaro e nem a favor do Lula, tá?”.

Durante o desabafo, Carol Narizinho o aproveitou par alfinetar Bolsonaro, mudando completamente o posicionamento anterior da água para o vinho: “O que eu falei não é que eu sou a favor do Bolsonaro porque eu sou contra muitos posicionamentos e coisas que ele fez nesta pandemia. Mas eu também não sou a favor de Lula”.

Esperançosa, Narizinho concluiu a aparição no Instagram com uma mensagem aos seguidores: “Espero que nas próximas eleições tenha um candidato a altura do que a gente merece, para representar o nosso país e o nosso Brasil”.

Tem alguma foto? print? vídeo? ou áudio de alguma fofoca? envie um e-mail para contato@portalemoff.com.br sua identidade será mantida no mais absoluto sigilo