Fechar
FLAGRANTE

Caso Cassino: MC Gui e Gabigol vão responder na Justiça por crime contra saúde pública

MC Gui e Gabigol vão responder por crime envolvendo aglomeração em plena pandemia com 150 pessoas

Adriel MarquesRepórter do EM OFF

O cantor MC Gui e o jogador de futebol Gabigol vão precisar responder na Justiça por crime contra a saúde pública. Os dois famosos participaram de uma aglomeração com cerca de 150 pessoas em um cassino de luxo clandestino localizado em São Paulo. Os colaboradores do cassino também vão responder, assim como o gerente.

A situação delicada aconteceu neste domingo (15), na madrugada, onde após uma denúncia anônima a fiscalização e a polícia descobriram o esquema envolvendo Gabigol e MC Gui. Existe um decreto estadual proibindo eventos fechados e também aglomeração devido ao novo coronavírus, aliás, estamos vivendo uma fase de pandemia onde precisamos praticar o distanciamento social.

Os internautas e fãs de Gabigol e MC Gui se assustaram com as fotos divulgadas da dupla no Itaim Bibi, mascarados, após flagrados no cassino clandestino. O jogador do Flamengo e o funkeiro foram parar na delegacia. 50 pessoas foram detidas e os artistas também.

De acordo com o G1, os envolvidos foram levados para a 1ª Delegacia da Divisão de Investigações sobre Infrações contra a Saúde Pública (DIISP) em São Paulo. De acordo com o Delegado Osvaldo Nico Gonçalves para o Brasil Urgente (BAND), Gabigol culpou os policiais de aglomeração e se escondeu.

Confira a declaração do Delegado Osvaldo para Datena: “A polícia chegou lá, e ele ficou escondido por quase uma hora. Só depois constatamos que ele estava ali, atrás de algumas moças e com um agasalho na cabeça”. Sobre os policiais, Gabigol teria dito: “Vocês que são culpados e estão se aglomerando”.

Tem alguma foto? print? vídeo? ou áudio de alguma fofoca? envie um e-mail para contato@portalemoff.com.br sua identidade será mantida no mais absoluto sigilo

Tags Relacionadas: