Fechar
Como assim?

Cid Moreira retira filho do testamento: ‘Engano te adotar’

Roger Moreira disse que o pai o abandonou e que foi deserdado

Aline TorresRepórter do EM OFF

O cabeleireiro Roger Moreira, filho adotivo do jornalista Cid Moreira, falou ao vivo para o programa Balanço Geral, da Record TV, que recebeu um documento em que o ex-âncora do Jornal Nacional afirmou que foi um erro tê-lo adotado. Ele também negou as afirmações da esposa do jornalista, Fátima Moreira.

Fátima afirmou em vídeo publicado nas redes sociais que Roger entrou com um processo contra o jornalista aposentado por causa de dinheiro, mas o filho adotivo negou a afirmação. Ele pediu que ela comprovasse que essa ação existe.

“Eu fiz um documento e deserdei você. Escrevi de próprio punho e assinei. Juntei pareceres de profissionais da saúde para provar que não estou senil. Foi um engano te adotar. Fico contente em saber que você foi um engano te adotar. Fico feliz em saber que você está sendo capaz de se manter”, escreveu Cid Moreira em um trecho do documento enviado para o filho.

Há um processo movido por Roger, que segundo ele mesmo, não é referente a um pedido de dinheiro, mas de abandono afetivo. Ele não pode dar mais detalhes porque a ação corre em segredo de Justiça. O cabeleireiro ainda afirma que a atual esposa do jornalista teve papel fundamental nas opiniões atuais do pai, como principal influência para ele decidir deserdar o filho.

Rodrigo Moreira, filho biológico de Cid, enviou um vídeo ao Balanço Geral para falar sobre o pai, mas apenas chamou a equipe para fazer uma entrevista ao vivo que será transmitida nessa quinta-feira (15). Rodrigo não tem contato com o pai desde os dois anos. Inclusive, Roger afirmou que nunca teve contato com o irmão, confirmando o distanciamento de Rodrigo com a família.

O cabeleireiro diz ter começado a viver com Cid em 1991, quando ele tinha 14 anos, mas só aos 20 a adoção foi feita de forma legal. Ele ainda disse que vivia 24h em função do também locutor e que tudo mudou quando ele revelou que queria viver o primeiro amor aos 28 anos:

“Com 28 anos, conheci uma pessoa que foi o meu primeiro amor. Comuniquei querer viver minha vida e fazer coisas que eu não costumava fazer. Minha vida era de dedicação 24 horas ao Cid. A partir daí, as coisas começaram a mudar”, revelou Roger.

Roger afirmou que trabalhava em um estúdio de locução com pai e outras pessoas, mas que foi demitido e precisou trabalhar com outras coisas. No caso, foi trabalhar ao lado da tia, ex-esposa de Cid que também o adotou e que tinha um salão de beleza.

Ele passou a ser um cabeleireiro. Atualmente, segundo ele, trabalha até com celebridades que o procuram pelo bom serviço: “Tudo foi retirado. Vamos dizer assim, tudo me foi retirado. Até o apartamento onde eu morava que foi me dado, foi retirado, o estúdio que ele fez para mim que era uma coisa paro meu futuro para eu ter um rendimento, para que eu não passasse dificuldade na vida”, desabafou o rapaz.

Veja a seguir o vídeo que Fátima Moreira postou no Instagram do apresentador aposentado:

Tem alguma foto? print? vídeo? ou áudio de alguma fofoca? envie um e-mail para contato@portalemoff.com.br sua identidade será mantida no mais absoluto sigilo