Fechar
DE NOVO

Com show de Ludmilla, Neymar faz festa em mansão e gera aglomeração

Jogador da Seleção Brasileira promoveu festa após a final da Copa América

Danilo ReenlsoberRepórter do EM OFF

O atacante da Seleção Brasileira e do Paris Saint-Germain, Neymar Júnior, não parece ter ficado chateado com a derrota para a Argentina na final da Copa América, realizada no último sábado (10) no Maracanã. O atleta não perdeu a oportunidade e realizou uma festa em uma mansão no Rio de Janeiro. A celebração contou até com show da funkeira Ludmilla.

A festa secreta promovida por Neymar contou com a presença de amigos do jogador e de diversos influenciadores. De acordo com informações da Jovem Pan e do portal Metrópoles, porém, qualquer registro da festança estava proibido. Por isso, todos os convidados tiveram que deixar seus celulares na portaria.

A comemoração teria ocorrido na noite do sábado, após a derrota do Brasil para a Argentina por 1 a 0. Além da funkeira Ludmilla, que animou a festa com um show, um grupo de pagode também tocou na festa, que varou a madrugada carioca. Aglomerações desse tipo ainda são proibidas no Estado do Rio de Janeiro.

Não é a primeira vez que Neymar Jr faz uma festa e promove aglomeração durante a pandemia de Covid-19. Em maio, o atacante organizou uma festança secreta em um resort em Mangaratiba, na Região da Costa Verde do Rio de Janeiro e convidou diversas influenciadoras digitais. O problema é que elas seriam comprometidas e os tais namorados não foram convidados, o que gerou muita polêmica na época.

Também não é a primeira vez que Ludmilla se envolve numa história parecida. A cantora já coleciona shows e festas secretas durante a pandemia. No mês passado, por exemplo, a famosa realizou uma festa para celebrar o aniversário da mãe, Silvana Oliveira, e reuniu cerca de 50 pessoas, entre parentes e amigos.

A aglomeração, em plena pandemia de Covid-19, ocorreu no bairro de Jacarepaguá, na Zona Oeste do Rio de Janeiro. Assim como na celebração secreta de Neymar, cliques do aniversário estavam proibidos e os celulares dos convidados também foram barrados. As informações foram divulgadas pelo jornal carioca Extra, que teve acesso ao convite da festa.

A cantora também gerou polêmica depois de realizar um show no Copacabana Palace, hotel luxuoso do Rio de Janeiro, no mês passado. Na ocasião, o evento reuniu cerca de 500 pessoas e, em plena pandemia, contou com shows de Gusttavo Lima, Mumuzinho, Alexandre Pires e de Ludmilla. Pouco antes do show, a famosa tinha lamentado a morte do humorista Paulo Gustavo nas redes sociais. O ator morreu devido a complicações geradas pela Covid-19.

De acordo com o portal G1, a média móvel de mortes pela Covid-19 no Brasil é de 1.297 pessoas. Atualmente, o País soma mais de 534 mil mortes pelo novo coronavírus desde o começo da pandemia. Ao todo, já são mais de 19 milhões de pessoas infectadas. Enquanto isso, a população brasileira que tomou as duas doses ou a dose única de vacinas contra a Covid está em 14,61%, considerado ainda muito baixo.

Tem alguma foto? print? vídeo? ou áudio de alguma fofoca? envie um e-mail para contato@portalemoff.com.br sua identidade será mantida no mais absoluto sigilo