Fechar
Golpe

Criminosos invadem conta de influenciadora e oferecem serviços sexuais

A jovem alega que o crime ocorreu após ela passar sua linha de telefone a uma outra pessoa

Augusto ViannaRepórter do EM OFF

A influenciadora digital Brunna Ruvira é mais uma das vítimas do golpe do WhatsApp. A jovem alega que o crime ocorreu após ela passar sua linha de telefone a uma outra pessoa, e por isso, contas nas redes sociais foram invadidas. O hacker conseguiu entrar nos perfis do Instagram e no WhatsApp para pedir dinheiro para seguidores. Os criminosos se passaram pela influenciadora para tentar conseguir valores para amigos e familiares.

Em entrevista ao portal G1 na última quinta-feira (11), ela relatou o ocorrido. “Estão com o meu perfil até agora se passando por mim, postando como se fosse eu vendendo iPhones falsos”, disse ela. Além disso, oferecem serviços sexuais dela. “Também estão falando que eu faço programa, e que tem que fazer pix adiantado, Estou traumatizada com tudo isso, e com medo. Está sendo desesperador”, desabafou ela. Brunna registrou boletim de ocorrência e acionou a justiça para conseguir suas contas de volta.

Relembre outros casos com famosos

Há tempos, a Polícia Civil investiga casos de pessoas que possuem contas de WhatsApp invadidas por criminosos para extorquir dinheiro de vítimas. Eles se passam por homens e mulheres e iniciam conversas, trocam fotos e alegam precisar de determinada quantia através de pix. O mesmo ocorreu com Murilo Huff e ele precisou ir ao Instagram desmentir que estava precisando de dinheiro.

O cantor expôs o print dos criminosos que dizia o seguinte: “Estou com um problema aqui na minha conta. Não estou conseguindo acessar e estou precisando fazer um pagamento”. Marília Mendonça, morta após a queda do avião em que estava na última sexta-feira (5), já havia reclamado que fizeram um Instagram do pequeno Léo antes mesmo do nascimento “1500 seguidores conquistados na mentira. Que coisa feia”, disse ela.

Continua após a publicidade

A internet e os aplicativos de smartphone ajudaram a vida de muitas pessoas desde que surgiram, e o Whatsapp é um dos casos mais clássicos, já que facilitou a comunicação entre as pessoas. E não é só Murilo Huff que caiu no golpe do WhatsApp. Outros famosos passaram pela mesma situação.

Em janeiro, a atriz Isis Valverde teve seu nome envolvido em uma polêmica. Ela avisou nos stories do Instagram que golpistas afirmaram que ela realizaria uma festa e seria necessário que os contatos confirmassem, na época, presença por meio de um link no aplicativo de mensagens. O usuário que clicasse teria os dados e informações roubadas. 

Estou aqui hoje para falar de uma coisa super chata que está acontecendo. Tem pessoas entrando em contato usando o meu nome, dizendo que vou dar uma festa, um encontro, e que eles vão mandar um link. A pessoa precisa confirmar presença clicando nesse link. Gente, clicando nesse link, eles roubam o WhatsApp da pessoa com todos os dados. Uma coisa super chata. Não aconteceu nem com uma, duas, três, nem quatro, mas com muito mais“, pediu ela.

Mais um ator caiu no golpe. Marcelo Serrado viu seu nome sendo usado em um golpe  bem parecido ao de Ísis, na qual disseram que ela promoveria uma festa, sendo essa mesmo, falsa. “Um tal de Roberto de SP está usando meu nome para uma festa dia 27/02 no hotel Copacabana Palace! É fake! Cuidado”, está escrito em uma publicação do ator no Instagram.

Se você passar o contato, ele rastreia seus dados! Não caia nessa! Estão fazendo isso com outras pessoas também! Usando o nome de outros artistas!”, escreveu ele na legenda para complementar o post. Nathalia Dill também alertou os seguidores sobre o golpe que seguia a mesma linha de Murilo, Marcelo e Isis. Os criminosos enviaram link para confirmação de participação em tal festa fake.

Aviso! Estão ligando em meu nome para convidar para um evento. Não confirmem! Eles querem clonar o WhatsApp e pedir dinheiro“, disse Nathalia. Através do link, é enviado um código ao usuário do aplicativo. Após o clique, um código chega ao celular, através de mensagem, e o WhatsApp é clonado.

Você usa TELEGRAM? Então entre no nosso canal e receba nossas notícias no seu celular.
Basta clicar aqui -> https://t.me/portalemoff