Fechar
Vixi!

Dayanne Bezerra se revolta e desabafa sobre cobrança de cachê por ação social

A advogada se mostrou indignada com a exposição feita pelo cantor Douglas Nobre

Lucas CardosoRepórter do EM OFF

A advogada Dayanne Bezerra, irmã da também advogada e influenciadora digital Deolane Bezerra, se pronunciou sobre a sua suposta cobrança de cachê por uma ação social. Nos stories do Instagram, a moça declarou que não cobra e nunca cobrou por ações sociais, e reiterou que tudo não passou de mal entendido entre seu assessor e o cantor Douglas Nobre, responsável por convidar a advogada para a ação “Food & Refugee Women”.

“Gente, hoje de manhã chegou ao meu conhecimento e isso é um absurdo, eu nunca cobrei pra participar de ação social, eu faço uma ação social desde que eu tava grávida com a minha irmã Danielle, entrego comida na região da 25 de março, do centro e nunca postei isso porque não precisa ser postado. Agora, se tem pessoas que querem se aproveitar de situações e usam isso pra criar história e ganhar engajamento, eu vou tomar as medidas judiciais cabíveis.”.

“Um assessor meu respondeu rápido a mensagem, não viu, mas quando ele teve a resposta ele rapidamente viu do que se tratava e respondeu que eu não tinha tempo. Gente, eu tenho contratos, eu tenho coisas pra apresentar. As pessoas precisam se conscientizar do que elas falam, eu já faço trabalho comunitário há 14 anos e nunca precisei expor, mas hoje eu vou ter que expor (…) porque pessoas tão querendo fama em cima de mim”.

Entenda

A advogada Dayanne Bezerra, irmã da também advogada e influenciadora Deolane Bezerra, foi exposta nas redes sociais nesta quinta-feira (26). Convidada a participar de uma ação social que entregou marmitas para moradores em situação de rua em São Paulo, a influencer, que conta com mais de 1,6 milhão de seguidores, cobrou cachê para atuar na ação solidária.

Continua após a publicidade

A situação constrangedora foi divulgada pelo cantor Douglas Nobre em suas redes sociais. O artista convidou Dayanne Bezerra para participar da ação humanitária “Food & Refugee Women”, que entregou 250 marmitas e chocolates a moradores de rua da capital paulista nesta quarta-feira (25), na Praça da República e na Praça da Sé.

A ação foi desenvolvida pelo projeto “Experimente Nascer de Novo” e pela associação Juventude Armênia, que ajudam mais de 200 famílias refugiadas da guerra da Síria em São Paulo. Após o convite, porém, a resposta da assessoria da advogada pegou o cantor e sua equipe de surpresa. “Presença VIP só pagas [sic]”, respondeu o assessor, identificado como Maycon.

O artista se revoltou e respondeu o funcionário da influenciadora. “Entregar marmita para morador em situação de rua não é presença vip, é ser humanizado”. O assessor, no entanto, reforçou que a presença de Dayanne Bezerra só ocorreria mediante pagamento. “A doutora tem uma agenda muito cheia de compromissos. E não consigo horário amanhã pra serviços comunitários. Mais [sic] agradeço pelo convite. Deixaremos para uma próxima”, encerrou.

Revoltado, Douglas Nobre resolveu desabafar. “Meu escritório sempre convida influenciadores e artistas para fazerem parte dessa ação humanitária. Eu quis convidar ela [Dayanne Bezerra] porque eu conheci as três num evento e convidei porque me senti muito bem recebido por elas, muito educadas, todas, e ai nós recebemos essa resposta aí, fiquei um pouquinho surpreso, porque a Luiza Possi, embaixadora do projeto, nunca cobrou nem a gasolina… E é a Luiza Possi, totalmente consagrada”.

“Pessoas morrendo de frio e de fome em São Paulo, e me deparo com uma resposta dessa de uma advogada, porque ela não é leiga, não é mal-informada. Eu quero crer que o assessor dela respondeu por conta própria sem comunicá-la, porque se ela pensar igual ele eu não sei qual é pior”, lamentou. “Estou bem chocado, não só com ela, mas com a humanidade num contexto geral”