Música

Dennis tem feito histórico com novo álbum

Álbum "O (Im)possível - Parte 1" conta com 12 faixas e nomes do sertanejo

Paulo Henrique Lima
Repórter

Lançado em março deste ano, o álbum “O (Im)possível – Parte 1” conseguiu um feito em apenas quatro meses depois que foi disponibilizado nas plataformas digitais de música. No Spotify, principal streaming musical, a era de Dennis ultrapassou mais de 100 milhões de execuções. A marca será comemorada com uma grande festa no próximo dia 30 de julho, em São Paulo.

“É um projeto muito importante para mim e para minha carreira. Comecei 100% no funk e isso atiçou a minha vontade de misturar e fazer outros estilos, como música eletrônica, pagode, enfim, a música brasileira. ‘O (Im)possível’ consolida a minha versatilidade no mundo da música. Fico muito feliz, porque são músicas profundas, que demoram a entrar na cabeça, mas também demoram para sair. São românticas, contam histórias de ‘sofrência’ que qualquer um pode viver daqui três anos. Não é uma coisa momentânea”, diz ele em aspas enviadas ao EM OFF.

O “O (Im)possível – Parte 1” conta com participações de Gusttavo Lima, Luan Santana, Luiza & Maurílio e Os Barões da Pisadinha. O álbum foi dividido em duas partes, tendo a segunda com data de previsão de estreia ainda não divulgada. Na primeira, os sucessos “Lágrima por Lágrima”, com Gusttavo Lima (30,3 milhões de streams) e “Modo Avião”, com Luiza & Maurílio (34,1 milhões) são as principais apostas.

O álbum de Dennis conta com 12 faixas e participações de grandes nomes do sertanejo, como Luan Santana, Israel & Rodolffo, Matheus & Kauan, Xand Avião, Raí Saia Rodada, Jorge, Felipe Araújo, Thiago Brava, Terry e Bruno & Marrone. Os artistas interpretam sucessos em “Eu Vou”, “Mesma Língua”, Você Não Trai”, “Ainda Lembro”, “Eu Amo Todas”, “Supera Eu Aí”, “Segredo de Rolê”, “Vera (GTI” e “Pimenta”.

“O (Im)possível” foi produzido em Goiânia e teve seu pontapé inicial em agosto de 2021. Em junho, o artista lançou “Motinha”, com participação de Brisa Star. A faixa integra o álbum, que terá seu sucesso celebrado no estádio do Canindé, na capital paulista.