Nada ilícito foi encontrado

Deolane Bezerra se defende e diz que houve excesso em ação policial

"No mandado pede que sejam apreendidos objetos ilícitos, e nada disso foi encontrado. Ou seja, apreensão de veículos não tem no mandado de busca e apreensão", criticou Deolane

Lucas Cardoso
Repórter do EM OFF

Após toda a polêmica envolvendo o mandado de busca e apreensão em sua mansão, Deolane Bezerra usou novamente as redes sociais para se pronunciar sobre o ocorrido. Além de apontar e criticar o excesso de autoridade na ação da polícia, a advogada também expôs o jornalista Léo Dias, ao publicar uma foto do jornalista ao lado de um dos donos da empresa Betzord, a mesma que está sendo investigada pela polícia.

“Gente, vou começar: não devo satisfações pra ninguém, né? O justo não se justifica, mas creio que os meus seguidores merecem uma explicação. Um funcionário aqui do condomínio filmou e vendeu as informações, inclusive ele será acionado pela justiça também. A seguir, segue as gravações da minha novelinha da vida real”, iniciou Deolane, que fez questão de publicar as gravações do momento em que a polícia estava em sua casa.

Nas gravações, Deolane estava acompanhada de dois membros da OAB, e de fundo, é possível ver os oficiais do 27º DP de São Paulo. “Galerinha, estou passando por um mandado de busca e apreensão neste momento. Nada de ilícito foi encontrado. […] Esses stories eu fiz para vocês verem que nada de ilícito foi encontrado na minha residência.

“Nos próximos vídeos, eu vou mostrar o momento que meus veículos são apreendidos. Ao meu ver, houve excesso de autoridade. Porque no mandado ela fala que sejam apreendidos objetos de origem ilícita, e nada disso foi encontrado na minha casa. Ou seja, apreensão de veículos não tem no mandado de busca e apreensão”, criticou Deolane.

Em relação ao jornalista Léo Dias, a advogada não poupou críticas e afirmou que a busca incessante do jornalista por cliques “chega a ser nojenta”. “Léo meu querido, você não sabe quem é a empresa Betzord? Você já divulgou produto! Inclusive você tem foto com um dos donos. Ô Léo, para de ser hipócrita!“.

“[…] Assim como eu, você vive de publicidades também. Esse seu sensacionalismo por cliques chega a ser nojento. A seguir, foto de Léo Dias com um dos donos da Betzord”, disparou Deolane, que logo em seguida, postou a foto de Léo Dias com um dos donos da empresa investigada pela polícia.

Entenda

Deolane Bezerra e Tirulippa foram alvos de uma operação policial que investiga influenciadores que fizeram publicidade para a empresa Betzord, que atua no ramo de jogos e apostas on-line. Segundo Daiane Bezerra, irmã da advogada, um Porsche no valor de R$ 1 milhão, uma Land Rover Discovery, relógios Rolex e joias, foram apreendidos pela 27ª Delegacia de polícia de São Paulo.

“A Deolane, assim como diversos influenciadores, já divulgou essa empresa. Basta entrar no Instagram dos donos que terá fotos com vários artistas. Mas só sobra para a Deolane”disse Daiane em entrevista para o colunista Lucas Pasin do UOL. A Betzord se pronunciou nas redes sociais afirmando que atuou sempre de forma legal:

“Em respeito aos seus consumidores reitera que sempre pautou sua conduta profissional dentro dos limites legais […] a empresa contribui e sempre contribuirá com as investigações e quando oportunizado demonstrará a legalidade de seus atos”, diz trecho da nota publicada nas redes sociais da empresa.