Fechar
APÓS AGRESSÃO

DJ Ivis tem prisão mantida e será transferido para presídio

Músico será transferido para a Unidade Prisional Irmã Imelda Lima Pontes, em Aquiraz

Danilo ReenlsoberRepórter do EM OFF

O músico Iverson de Souza Araújo, conhecido como DJ Ivis, preso após agredir a ex-esposa, a influenciadora e arquiteta Pamella Holanda, teve a prisão preventiva mantida e será transferido para um presídio de Aquiraz, município que fica a cerca de 30 quilômetros de Fortaleza.

De acordo com o GC Mais, esta foi a decisão da Justiça após a audiência de custódia que aconteceu nesta sexta-feira (16). Com a prisão preventiva do artista mantida, ele será transferido para a Unidade Prisional Irmã Imelda Lima Pontes.

DJ Ivis foi preso na tarde de quarta-feira (14). A informação foi divulgada pelo governador do Ceará, Camilo Santana. “Acabo de ser informado pelo nosso secretário de Segurança da prisão do DJ Ivis, no caso das agressões a Pamella Holanda. A prisão preventiva havia sido solicitada pela nossa Polícia Civil e decretada há pouco pela Justiça. Que responda pelo crime cometido”, disse, em nota.

No domingo (11), vídeos que mostravam o artista agredindo a ex-esposa viralizaram na internet após serem divulgados pela própria Pamella. Em pouco tempo, as gravações viralizaram nas redes sociais e causaram comoção em todo o Brasil. Diversas artistas e femosas repudiaram as imagens e pediram a prisão do músico.

As imagens são fortes e mostram o DJ agredindo a ex-mulher com empurrões, socos e tapas na frente da filha do ex-casal de apenas 9 meses. Na segunda-feira (12), Iverson de Souza foi levado para a delegacia e contou com o apoio de seus advogados. Sozinha na delegacia, Pamella deixou o local devido ao medo de represálias do ex-marido.

Na manhã desta terça-feira (13), durante participação especial no “Balanço Geral Manhã”, de São Paulo, o apresentador Erlan Bastos, da RecordTV, revelou que uma fonte dentro da polícia está investigando se as testemunhas do caso estariam sendo coagidas por pessoas ligadas ao DJ Ivis.

Também na terça, a gravadora Som Livre resolveu suspender a parceria com o artista após a divulgação do vídeo da agressão do músico contra a ex-esposa. Além disso, decidiu não regravar a música “Galega” apenas com o cantor Zé Felipe.

A empresa informa que suspendeu todos os lançamentos das faixas que tinham participação do DJ Ivis, autor da agressão. Também estão sendo bloqueadas das plataformas de áudio e de vídeo as músicas já lançadas, agindo em parceria e de acordo com as normas de cada empresa envolvida“, disse a nota.

Sobre a faixa ‘Galega’, a gravadora e o cantor Zé Felipe optaram por não regravar uma nova versão, como anunciado anteriormente pelo artista, visto que Ivis é autor da faixa, e pretendem seguir trabalhando em novos lançamentos“, concluiu o texto.

Tem alguma foto? print? vídeo? ou áudio de alguma fofoca? envie um e-mail para contato@portalemoff.com.br sua identidade será mantida no mais absoluto sigilo