Fechar
Após reportagem

Drauzio Varella e Globo são condenados a pagar R$150 mil a pai de menino morto

Dr. Drauzio Varella e TV Globo foram condenados a pagar R$150 mil a pais de menino morto por Suzy de Oliveira

Aline TorresRepórter do EM OFF

O Dr. Drauzio Varella e a TV Globo foram condenados a pagar multa de R$ 150 mil ao pai de um menino que foi morto por Suzy Oliveira. A carcerária apareceu em matéria no Fantástico em março de 2020 e o caso chocou o Brasil.

A matéria mostrava a situação de mulheres trans carcerárias no Brasil e em um primeiro momento, comoveu os telespectadores, principalmente a história de Suzy que disse não receber visitas há 8 anos até então, e chegou a receber um abraço do médico.

Dias depois descobriu-se o motivo pelo qual a detenta estava cumprindo pena, a morte um garoto de nove anos, passando de comoção para rancor nacional. O pai da criança entrou com ação contra o entrevistador e contra a Globo pela veiculação da reportagem.

Após diversas criticas de internautas, Dr. Drauzio se defendeu ao afirmar ser médico e não juiz. No processo movido pelo pai do menino, é apontado que ele sofreu “novo abalo psicológico ao reviver os fatos”, pois foi procurado pela imprensa para falar do tema após a repercussão da reportagem.

“Por todo o exposto, julgo parcialmente procedente o pedido inicial para condenar solidariamente os requeridos ao pagamento ao autor de indenização por danos morais no importe de R$ 150.000,00 devidamente corrigido e acrescido de juros de 1% ao mês, ambos desde a data da sentença até o efetivo pagamento”, diz trecho dos autos do processo.

O médico e a emissora ainda podem recorrer da decisão. Segundo o UOL que procurou o canal de televisão, a TV Globo não se pronuncia sobre casos em julgamento.

Tem alguma foto? print? vídeo? ou áudio de alguma fofoca? envie um e-mail para contato@portalemoff.com.br sua identidade será mantida no mais absoluto sigilo