Fechar
PREOCUPADO

Eduardo Costa desabafa e diz que está com medo da música sertaneja acabar

Em entrevista à TV Aparecida, em SP, o cantor sertanejo disse que a música caipira raiz está caindo no ostracismo

Danilo ReenlsoberRepórter do EM OFF

O cantor sertanejo Eduardo Costa desabafou durante uma entrevista à TV Aparecida, de São Paulo. Durante o programa de Odair Terra, ele falou sobre as dificuldades enfrentadas durante a pandemia de Covid-19, seus gastos para gravação de um novo DVD e que a música sertaneja raiz está sendo esquecida pelo público.

Do jeito que a coisa está andando, a música caipira está caindo no ostracismo, num esquecimento muito grande“, disse o cantor. “E isso corre o risco de, cada vez mais, ir sumindo, de forma que um dia nós vamos acordar e não vai existir a música caipira que foi feita por grandes gênios“, lamentou o artista.

Eduardo Costa gravou, durante a pandemia, um DVD onde canta grandes clássicos da música sertaneja. Segundo ele, a ideia é que o álbum, lançado em novembro do ano passado, sirva como um “documento” sobre a música brasileira raiz.

Eu poderia ter pegado todo esse dinheiro que eu gastei e doado, mas não ia fazer diferença“, comentou o artista. Segundo ele, o disco é resultado de dedicação e amor. “A diferença está na música porque isso é praticamente um documento. Esse DVD Pantanal e o DVD da quarentena é um documento. Mais do que música, mais do que doação, dedicação e amor, ele é um documento“.

Continua após a publicidade

No entanto, ele disse que ficou preocupado com os gastos para a produção do disco, já que seus ganhos durante a quarentena estão menores. “Nessa quarentena eu gastei muito mais do que eu ganhei. As nossas despesas continuaram e a receita não entra. Etão, ficamos todos muito preocupados“.

Tem alguma foto? print? vídeo? ou áudio de alguma fofoca? envie um e-mail para contato@portalemoff.com.br sua identidade será mantida no mais absoluto sigilo