Fechar
Emocionante

Em carta, Pedro Scooby relembra grave acidente e revela segredo ao filho

“E que você tenha muito orgulho de quem eu fui, porque eu tenho muito orgulho de você, Dom, meu filho”, declarou Scooby

Lucas CardosoRepórter do EM OFF

Uma carta escrita por Pedro Scooby para seu filho mais velho, Dom, emocionou os internautas na manhã desta quarta-feira (4). A carta foi escrita há dois anos atrás, pouco tempo depois de seu grave acidente envolvendo uma onda gigante em Nazaré, Portugal. Na carta é possível conhecer um lado mais vulnerável e paternal de Pedro Scooby, e saber o que passou pela cabeça do surfista no momento do acidente.

“Pense em uma meia dentro de uma máquina de lavar, girando, girando, se perdendo numa imensidão de água, espuma e movimento. Foi assim que eu me senti naquela manhã de novembro do ano passado, em Nazaré (…). Você tem oito anos e ainda vai cometer muitos erros, inclusive erros que já cometi. Mas espero que você nunca viva isso. Se eu tivesse ficado mais alguns segundos lá embaixo, eu teria apagado e aí hoje eu não estaria aqui, e você seria um filho sem pai. Pensei se não seria melhor voltar ao Brasil, dar um tempo, esperar o medo passar, mas eu tenho a sorte de ter você como filho”, contou o surfista em um trecho da carta.

Pedro Scooby declarou que ficou traumatizado com o acidente, mas que em nenhum momento pensou em desistir da profissão que escolheu para sua vida. “Essa é a punição para quem surfa uma onda gigante e falha. Essa experiência poderia me fazer desistir desse esporte, mas se eu desistisse, eu não seria eu. Sempre que entro no mar, eu sei que pode ser a última vez, declarou.

O surfista revelou que um dos motivos de não ter desistido da profissão, foi o seu filho, Dom. Segundo ele, Dom foi quem ensinou ele a não desistir e detalhou como isso foi possível na carta. “(…) Então, antes de pegar minha prancha, eu conto um segredo para alguém. E esse segredo deve ser revelado caso eu não esteja mais aqui. Daquela vez eu não morri, mas aqui vai o meu segredo pra você, Dom (…)”.

Continua após a publicidade

“(…) Eu só não desisti porque eu sou seu pai. Porque você me ensinou a não desistir. Vou te contar como. Você tinha sete anos e estava aprendendo a dar mortal para trás. Eu te ajudava, mas em um momento você caiu errado. Não chegou a machucar, mas te deixou bloqueado. Você teve medo, deve ter pensado se não era melhor deixar esse negócio de salto mortal para lá…”

“Era um sentimento que nos ligava. Nós paramos e conversamos, eu nunca vou esquecer dessa conversa e espero que você também não. Expliquei como o medo poderia te impedir de concretizar coisas extraordinárias, e você concluiu do seu jeito. Você foi. E mandou um mortal perfeito. Nunca é um bom dia para morrer. Mas quando esse dia chegar, espero que seja no mar (…). E que você tenha orgulho de quem eu fui, porque eu tenho muito orgulho de você, Dom, meu filho., concluiu o surfista.

A carta foi compartilhada pelo portal de notícias do surfista, “QG Pedro Scooby” e conta com mais de 100 mil curtidas e 20 mil compartilhamentos. Durante sua passagem pela vigésima segunda temporada do Big Brother Brasil, Pedro Scooby sempre comentou do amor que sente pelos filhos, além de ter enchido os colegas de confinamento com mensagens positivas e motivacionais quando eles estavam tristes com alguma situação, assim como na carta divulgada por ele.