Fechar
Saiba mais

Erlan Bastos desmente Deolane Bezerra com provas

Em entrevista para o UOL, a advogada negou que teve as contas bloqueadas

Nayara VieiraRepórter do EM OFF

A advogada Deolane Bezerra teve suas contas bloqueadas na Justiça depois de não ter pago uma ex-funcionária, conforme informou a exclusiva do EM OFF. No entanto, após sair a notícia, a influenciadora deu uma entrevista para o “Splash” do UOL e negou todas as informações e alegou que sua conta estava normal. Todavia, em resposta, o jornalista Eran Bastos surgiu com provas as expôs, desmentindo a viúva de MC Kevin.

Segundo Deolane “não tem nenhuma conta bloqueada, é tudo mentira”. A DJ afirmou que tem cinco contas bancárias ativas e que está “tudo ‘on e roteado'”. Mas não é o que mostra o documento que o EM OFF teve acesso. Nos Stories do Instagram, o apresentador Erlan Bastos fez questão de mostrar uma intimação da Justiça para que o pagamento da ex-funcionária fosse pago em até cinco dias “sob pena de penhora”.

Conforme mostram os documentos, Deolane não cumpriu com o uma ação trabalhista em que se comprometeu a quitar os valores para a ex-funcionária. A empregada doméstica, no entanto, a acusou de não recolher o FGTS (Fundo de Garantia do Tempo de Serviço), que era obrigatório e direito por lei da doméstica.

Entenda

Trabalhando como  empregada doméstica de Deolane, a funcionária recebia um salário de R$1,5 mil. A profissional, que prestou serviço de 18 de maio de 2017 até 12 de fevereiro de 2019, não recebeu seu fundo de garantia durante o período trabalhado. Sendo assim, quando dispensada ela não conseguiu o direito a seguro desemprego. Sendo assim, a solução encontrada pela doméstica foi entrar com uma ação na Justiça do Trabalho contra a ex-patroa.

Continua após a publicidade

Segundo o texto do processo, Deolane descontava os valores referente ao FGTS, no entanto não realizava os depósitos necessários. A famosa havia se comprometido a pagar o acordo que ambas haviam realizado, mas descumpriu com o combinado. Todavia, ocorreram tentativas da ex-funcionária de resolver essa situação na Justiça com a famosa .

Estava marcada uma audiência no dia 15 de abril de 2021 na 22ª Vara do Trabalho em São Paulo, em que Deolane Bezerra faltou e foi representada por sua advogada. Foi oferecido um acordo de R$4 mil, porém, a doméstica não aceitou esse valor. A dívida da influenciadora passava dos R$10 mil.

O valor que deveria ser pago implica na soma do valor do INSS, multas e correções monetárias. A conta de Deolane foi momentaneamente bloqueada, o valor que ela devia, retirado e ela teve de volta sua conta. Ao todo, a Justiça retirou o valor de R$ 10.700,97. Porém, a ex-funcionária não teve acesso às guias do seguro desemprego. Como solução, o Juiz autorizou o acesso ao valor por demanda via ofício.