Fechar
Nada de cropped

Esposa de André Valadão quer proibir roupa curta em igreja

Cassi Valadão resolveu desabafar nas redes sociais sobre a sua indignação com as mulheres e crianças que usam roupas curtas

Aline TorresRepórter do EM OFF

Cassi Valadão, esposa do pastor André Valadão, que é responsável pela Igreja da Lagoinha, causou polêmica nas redes sociais ao comentar sobre mulheres e crianças que usam roupas curtas na igreja. Em longo desabafo, a loira falou sua opinião sobre as mulheres que vão para o culto evangélico usando roupas curtas, decotes e barriga de fora.

Segundo Cassi, as mulheres que usam trajes curtos, buscam chamar atenção dos homens, sejam eles mais novos, ou mais velhos. Sobre as crianças ficarem de barriga de fora, isso pode acender o desejo de pedófilos, que segundo ela, estão por toda parte, inclusive, dentro das igrejas. Ela ainda afirma que pretende proibir certos trajes nos locais de culto.

Ela começou a falar sobre um caso de uma moça que estava usando uma roupa curta na academia em que frequenta: “Temos que ensinar nossas filhas, desde pequeninhas sobre vestimenta. Não tem condição. Hoje fui para a academia e tinha uma moça que o short era tão curto, tão curto, que nem na minha casa eu uso um short de pijama assim”.

“Outras usam blusinha sem sutiã, está terrível. As mulheres têm que se guardar um pouco. Lá tinham homens casados, senhores. E não preciso ir muito longe não, dentro das nossas Igrejas as adolescentes ficam indo a culto de barriga de fora”, relatou a evangélica sobre como vê as mulheres que frequentam os cultos da Lagoinha.

Continua após a publicidade

Em seguida, Cassi afirma que mesmo não sendo pastora, pretende proibir nas igrejas em que o marido dela comanda, mulheres que usarem roupas curtas: “Não sou pastora não, mas vou proibir essas meninas de entrar de barriga de fora nos cultos dos adolescentes. Vou fazer um protesto e proibir de entrar de barriga de fora. Ficam despertando os meninos”, afirmou.

A loira disse ainda que até mesmo garotos mais jovens podem despertar desejos pelas meninas que usarem roupas curtas: “Os meninos de 13 e 14 anos muitas vezes não estão pensando em nada e as meninas ficam despertando os meninos. Mães não deixem suas filhas saírem de casa assim. Isso é muito sério. Minha filha só mostra a barriga na praia. A gente está trocando as coisas”.

Cassi falou sobre pedófilos que acabam se aproveitando das meninas mais jovens que utilizem roupas curtas, já que, segundo ela, despertam o desejo dos homens: “Gente tem pedófilos em todas as partes, eles são a aqueles que a gente menos imagina. Você acha que na Igreja não tem? Tem na Igreja, tem na praia, tem na academia. Você está lá, bonitona, mostrando seu corpo demais e vai despertar nos pedófilos”.

“Geralmente as pessoas são abusadas por pessoas que você menos imaginava, que faz uma amizade, chama para sair, depois vem chorando, falando que infelizmente aconteceu isso. Mas muitas vezes pessoas despertaram isso, então a gente tem que cuidar de tudo”, completou Cassi em seu desabafo nos stories do seu perfil do Instagram.