Fechar
Alerta

Evelyn Regly alerta sobre brinquedo que viralizou entre as crianças

A influencer alertou aos seguidores sobre o cuidado ao comprar brinquedos para os filhos

Augusto ViannaRepórter do EM OFF

Nas últimas semanas, um brinquedo chamado “Cacto dançante”, que está à venda em diversos sites, viralizou na internet entre influenciadores e o público por dançar  e reproduzir uma música aparentemente inofensiva para as crianças. A influenciadora Evelyn Regly foi uma das famosas que comprou o objeto para o filho Lucas Regly, de 1 ano.

Ela, no entanto, foi às redes sociais nesta segunda-feira (23) dizer aos seus 6 milhões de seguidores que jogou o cacto no lixo. “Tem uma letra que fala sobre morte. Como assim, gente? Um brinquedo para criança”, disse a influenciadora. Evelyn fez uma sequência de stories explicando sobre o brinquedo e a música que ele dança.

Quero falar sobre um assunto sério! Mandaram para minha cunhada a tradução da música que aquele cacto dança e que é bem pesada. Parece uma coisa indefesa, porque ele é bonitinho, mas precisamos saber o que compramos para nossos filhos. Mandei para o Marcelo [editor dela] e ele falou: ‘Evelyn é bem pesada e a tradução fala sobre morte e drogas’”, ressaltou. 

E continuou com as críticas ao famoso cacto. “O que dá na cabeça de uma pessoa fazer um brinquedo para criança com uma música tão ridícula desta. Eu fui ouvir na biblioteca da Apple e não consegui por restrição de conteúdo”, disse ela. Em seguida, Evelyn mostra um print de quando tentou ouvir e na imagem aparece a capa do single em preto em branco e um homem aparentemente em condições emocionais afetadas.

Continua após a publicidade

Ela mostrou o cacto para os seguidores. “O cacto é este aqui que vocês viram que eu brinquei tanto e o Lucas adorou. Diverti muito vocês desde que comprei ele. Mas vai para o lixo, porque devemos saber o que damos aos nossos filhos. Não é ser doida, não. É cuidado mesmo. Uma letra que fala sobre morte e diz: ‘Eu sou merda’. Como assim, gente?”. 

Em seguida, Evelyn compartilhou a tradução da música em português, já que a canção original é polonesa. Em um dos trechos, a canção fala sobre drogas e estado emocional, referindo-se a solidão: “Só consigo pensar em / Cinco gramas de cocaína, voar pra longe / Para uma terra de esquecimento. Na minha cabeça tem uns pensamentos sobre / Quando esse estado vai terminar / Assim que não estiver mais sozinho“. 

Não foi apenas Evelyn Regly quem se manifestou sobre o brinquedo. A pastora Nina Sara Silveira, esposa do presidente da Igreja Quadrangular Templo dos Anjos, Jerônimo Onofre da Silveira, também fez um alerta aos seguidores. A filha da pastora ganhou o cacto de presente, mas foi alertada e agora está incentivando os pais a não comprarem ou jogarem fora o brinquedo.

No Instagram, ele escreveu: “E como Deus é luz e não deixa seus filhos nas trevas está aí a terrível tradução de um brinquedo que entra na sua casa como muitos outros com uma mensagem oculta, e assim consegue tragar a alma das nossas crianças. Fiquem com um alerta. E compartilhem esse post o máximo que conseguirem para derrubar essa armadilha do inferno”.

O famoso “Cacto Dançante” ou “Cacto de Pelúcia” pode ser encontrado em várias lojas e sites do Brasil e internacionais nos valores de R$ 54 à R$ 130, dependendo da promoção. O produto é feito de material de tecido, ecológico e durável. Além disso, o brinquedo pode dançar, cantar, se mover e se virar,  de forma em que acaba chamando a atenção da criança.

Tem alguma foto? print? vídeo? ou áudio de alguma fofoca? envie um e-mail para contato@portalemoff.com.br sua identidade será mantida no mais absoluto sigilo

Tags Relacionadas: